O Brasil é um celeiro de empreendedores. Nos últimos anos, tem entrando na lista de países que mais empreendem no mundo, ficando à frente de Argentina, México e dos colegas do BRICS (bloco econômico formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Para 2018, a tendência é que as pessoas continuem empreendendo para driblar a crise. Mas é preciso preparo para lidar com a burocracia e principalmente com as adversidades diárias de se tornar um gestor e um líder.

Para ser um empreendedor são necessárias algumas habilidades específicas, como suporte as pressões do dia a dia, saber lidar e comandar uma equipe, saber ouvir, ter autoconfiança, entre outas coisas. Muitas pessoas já nascem com esse dom, mas outras podem desenvolvê-lo e é ai que entra o coaching.

A metodologia pode apoiar o indivíduo, para que ele potencialize aquilo já tem de bom e corrija pontos falhos. Por isso, para quem está investindo é uma arma essencial. Com o suporte dado pelo coaching é possível se auto-conhecer, se auto-corrigir e ainda se preparar para o mercado de maneira efetiva.

Além disso, uma vez que sua empresa esteja estabelecida e a equipe contratada, é possível investir em um treinamento de coaching in company, que irá trabalhar a integração das pessoas, a produtividade e, consequentemente, melhorar o serviço entregue ao cliente final.

Para qualquer negócio

Os fundamentos e técnicas do coaching podem ser aplicados em empreendedores de todos os portes. É, basicamente, um processo de transformação e parceria entre coach (profissional) e o coachee (cliente), no qual o cliente tem apoio profissional embasado em uma metodologia cientificamente comprovada e aprovada para a descoberta e crescimento.

O coach apoia o cliente, para que ele possa se sentir encorajado. A metodologia é válida, seja para micro, médios, pequenos e grandes empreendedores. No coaching, o profissional busca aumentar a percepção do cliente para que ele mesmo encontre respostas e o caminho a percorrer.

O coaching para empreendedores vai mostrar que, antes de tudo, é necessário conhecimento para arriscar-se. O coach irá “provocar” seu coachee a pesquisar, estudar, se conhecer e descobrir seus meios para assegurar a conquista de metas e objetivos. De maneira geral, todo processo de coaching sério traz bons resultados para os empreendedores e para os empresários.

Liderança também tem vez

O líder inspira por certos motivos. Da mesma forma, a posição autoritária do chefe tem suas razões. As características que levaram os dois para caminhos tão diferentes no que diz respeito a uma mesma função são parte de cada personalidade e, principalmente, estão relacionadas à estruturação da carreira do profissional. Há fatores psicológicos ligados às vivências e experiências do indivíduo que podem determinar o tipo de gestor. É inato. Mas é possível mudar. E o principal caminho para isso é o autoconhecimento que o processo de coaching pode trazer.

Guiar a si e lidar com a própria personalidade não é nada fácil, mas conquistar essas características é essencial para um líder, pois atrai o respeito das pessoas. Além disso, é preciso desenvolver o espírito de equipe e trabalhar o relacionamento interpessoal. São caminhos simples para um bom começo.

Um curso de coaching estimula as pessoas a descobrirem seu melhor jeito de liderar. Desenvolve habilidades essenciais como saber ouvir, conseguir dar um bom feedback aos subordinados, entre outras características essenciais. É o curso de coaching também que pode fazer com que o líder saiba lidar melhor com erros. Ao se deparar com um erro – seja ele de maior ou menor grau – essa pessoa tentará, primeiro, entender os motivos que levaram a falha e resolverá tudo na base da conversa. Isso porque um líder nunca ordena, mas sim aponta.

Os benefícios do coaching e da convivência com um coach para empreendedores, líderes ou para qualquer pessoa que busca o autoconhecimento e o autodesenvolvimento são enormes.

Fonte: Jornal do Empreendedor

Veja Também

As autuações do Fisco podem aumentar em até 40% at... Em setembro, a Receita Federal do Brasil divulgou informações sobre os resultados dos lançamentos acumulados de créditos tributários de 2016. De acord...
Como declarar ações no imposto de renda 2018 Veja o passo a passo para informar operações com ações à Receita Federal Se você tinha ações em sua carteira de investimentos em 2017 e realizou op...
Confira as 6 dúvidas mais comuns dos Microempreend... Formalização do negócio, pagamento de tributos e benefícios aos quais têm direito estão entre as dúvidas dos MEI's EBC Para se regularizar, o ME...
Teto do Simples decepciona Empresas que faturam entre R$ 2,4 milhões e R$ 3,6 milhões, por exemplo, que poderiam integrar o SuperSimples, vão continuar no regime geral de tribut...
Receita Federal implanta malha fina para empresas Para a Receita, a nova malha fina dará ao contribuinte uma percepção maior da capacidade de controle do fisco.“Com a percepção de que a Receita tem ri...
Bloco K e o xis do problema Antonio Corrêa de Lacerda* O excesso de burocracia é um dos inúmeros fatores que geram perda de competitividade na atividade produtiva brasileira. ...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *