Na coletiva realizada no Palácio dos Bandeirantes nesta quarta-feira, 27, o Governador João Doria especificou as regras para a retomada por meio do projeto Plano São Paulo.

Para começar, a quarentena no estado, que acabaria em 1º de junho, foi prorrogada por mais 15 dias. A partir de segunda-feira, 1º, acontecerá a “retomada consciente”, a princípio em regiões proporcionalmente menos afetadas pelo coronavírus, de forma gradual e heterogênea.

As consequências da abertura gradual serão analisadas por 15 dias, até que uma nova determinação sobre as restrições seja divulgada.

O plano prevê cinco etapas, que serão divididas por critérios definidos pela secretaria estadual da Saúde e pelo Comitê de Contingência para Coronavírus. São elas:

– Fase 1 (vermelha): alerta máximo, funcionamento permitido somente aos serviços essenciais;
– Fase 2 (laranja): controle, possibilidade de aberturas com restrições;
– Fase 3 (amarela): abertura de um número maior de setores;
– Fase 4 (verde): abertura de um número maior de setores em relação à fase 3;
– Fase 5 (azul): “normal controlado”; todos os setores em funcionamento, mas mantendo medidas de distanciamento e higiene.

Fonte: Governo do Estado de SP

Veja Também

Cinco coisas que, provavelmente, você faz e são pr... Mude sua rotina e melhore seu desempenho Todos os dias, milhares de profissionais cometem uma série de erros que podem prejudicar a produtividade n...
Não tome multa: 6 mudanças para as empresas com a ... Falta pouco mais de um mês para que as mudanças da reforma trabalhista entrem efetivamente em vigor, o que ocorrerá em 10 de novembro. O novo texto da...
Mais SPED em 2016: Será que o comércio precisa se ... Possivelmente você pensa que o SPED seja assunto para o seu contador, quando muito envolvendo ainda o pessoal de tecnologia. Possivelmente você pensa...
Fim de ano: Contrato temporário e as suas peculiar... Artigo escrito por Silvia de Almeida Barros e Rodrigo Perrone* Com a chegada das festas de final de ano, as vendas do comércio e da indústria aume...
Governo de SP propõe dar “segunda chanceR... O governo de Geraldo Alckmin (PSDB) apresentou um projeto de lei complementar na Assembleia Legislativa de São Paulo em que propõe dar uma "segunda ch...
IRPF – Dedução de despesas médicas e planos de saú... RIR/1999, art. 80 e Solução de Consulta Cosit 231/2016. O contribuinte pode deduzir na Declaração do IRPF as despesas médicas, planos de saúde ou d...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta