Segundo o executivo, a prática pode trazer prejuízos quando o profissional não tem qualificação suficiente ou quando mistura a relação pessoal com a de trabalho.

“O desgaste provocado na equipe resulta em queda geral na produtividade”, reitera.

Amigos e líderes

Esse foi o caso da Cemax, indústria de bolsas e acessórios, hoje com 54 funcionários. De origem familiar, o processo de seleção da empresa era feito por indicação.

“A gestão foi dificultada porque as relações envolviam amizade e vínculos familiares”, lembra Maria das Neves, 37, gerente administrativa da Cemax.

Era complicado demitir amigos de líderes, diz a executiva, que, há dois anos, assumiu a função de profissionalizar a gestão de recursos humanos da empresa.

Para Paulo Pontes, diretor da Michael Page, companhia de recrutamento e seleção, o pequeno empresário costuma contratar por intuição e esquecer fatores técnicos.

Fonte: Revista Incorporativa
29/06/2011

Veja Também

FGTS no celular Caso o trabalhador não possua senha internet deverá fazer o cadastramento no site. Agora o trabalhador poderá acompanhar on-line as movimentações oco...
COMO POSSO USAR A TECNOLOGIA PARA CONTROLAR MELHOR... O processo de controle e gestão de estoque demanda a utilização de várias planilhas, tabelas e o cruzamento de uma série de informações, o que pod...
Mudam regras para fiscalização da NR 12 Empresas terão prazo para adequarem máquinas e equipamentos antes de serem autuados Uma mudança publicada no Diário Oficial da União na quinta-fe...
Risco total nas empresas A realidade é que empresas de todos os portes vêm sendo penalizadas por essas falhas. Em apenas um Estado, a Secretaria de Fazenda identificou número ...
Prática contábil ajuda lucro de empresas O lucro líquido da Petrobrás, que adota a prática desde maio, somou R$ 6,201 bilhões no segundo trimestre, revertendo o prejuízo líquido de R$ 1,346 b...
Empresa familiar pode ser profissional? Acontece que estamos todos assistindo a uma mudança de status em nossa economia. Para quem tem mais de trinta anos, lembra-se de que as regras de merc...

Deixe uma resposta