Valor do licenciamento antecipado é de R$ 98,91 e depende de pagamento do IPVA junto; para veículos 0 km adquiridos a partir do dia15, preço passa para R$ 131,80. Motorista pode optar por aguardar calendário normal.

A emissão do certificado de registro e licenciamento de veículos mudou a partir desta semana e passa a ser exclusivamente no formato eletrônico. A versão anterior, em papel moeda e verde agora será virtual, no celular. O pagamento antecipado do licenciamento dos veículos para 2021 custa R$ 98,91 até o dia 14 de janeiro. A partir do dia 15, o valor é de R$ 131,80, valendo inclusive para veículos 0 km adquiridos a partir desta data (veja mais abaixo).

Com a mudança no começo deste ano, os donos de veículos estão enfrentando problemas de acesso ao sistema do Detran. O novo documento será chamado de CRV Digital.

O novo Certificado de Registro de Veículos (CRV) pode ser feito apenas pelo celular, por meio de um aplicativo. A mudança é definitiva. Para fazer o documento, é preciso baixar o aplicativo da carteira digital de trânsito, fazer o cadastro e ir na aba veículos. Basta clicar no botão licenciamento digital, informar o Renavam (que fica no licenciamento) e o código de segurança, que fica na CRV.

Depois é só baixar o documento, que fica armazenado no aplicativo, no celular. Mesmo sem internet ele fica disponível sempre que precisar.

O processo também pode ser feito no aplicativo do Poupatempo, clicando no botão serviços, no canto esquerdo da tela. Em seguida, clicar em veículos e colocar os dados do veículo. O veículo precisa estar sem débitos.

O documento vale para apresentar para os policiais de trânsito na rua, como usar para transferir a propriedade do carro quando ele é vendido. Por garantia, recomenda-se imprimir o documento e mostrar o QR Code.

Quem já tem o documento antigo, em papel moeda verde, pode permanecer com ele, mas quando comprar um novo carro irá receber a nova versão do documento.

“Os documentos estão salvos nos aplicativos, no seu smartphone, tanto os do governo estadual quanto do governo federal, no aplicativo do Poupatempo e você pode salvar como uma imagem dentro do seu telefone. Mais uma vez: o que vale é o QR Code que tem esse documento e é por ele que o agente fiscalizador vai dar autenticidade desse documento. Portanto, é muito seguro que você deixe isso salvo dentro do aplicativo, mas também pode deixar fora é uma alternativa, mas também pode deixar ele impresso dentro do veículo”, disse Ernesto Mascellani Neto, presidente do Detran/SP.

A mudança pode provocar congestionamento no sistema. “Pode haver a instabilidade de sistema porque foi um desenvolvimento foi muito rápido e a gente tem muita demanda. Mas os sistemas estão funcionando”, disse Neto.

As denúncias podem ser feitas no Procon-SP. O pagamento do IPVA para as placas 1 já vence a partir desta quinta-feira (7). O seguro DPVAT não será cobrado esse ano. De acordo com a seguradora responsável pelo tributo, a cobrança não será feita porque o DPVAT tem recursos em caixa suficientes para as indenizações.

Licenciamento antecipado

O Detran de São Paulo divulgou o calendário para pagamento antecipado do licenciamento dos veículos para 2021, com o valor de R$ 98,91 até o dia 14 de janeiro. A partir do dia 15 deste mês, o valor é de R$ 131,80 – um aumento de cerca de 40% em relação pagamento não antecipado do ano passado, que era de R$ 93.

O pagamento do licenciamento antecipado deve ser feito junto com o pagamento do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor), segundo o Detran, que poderá ser quitado em cota única, com desconto, ou parcelado.

Quem não optar por essa modalidade, pode aguardar o calendário de licenciamento anual, de acordo com o final da placa. Pelo calendário, o licenciamento anual obrigatório no Estado de São Paulo começa em 1º de abril e vai até dezembro, exceto para caminhões e tratores, cujos prazos vão de setembro a dezembro (clique aqui e confira todo o calendário de pagamento)

Para licenciar o veículo é preciso informar o número do Renavam e pagar via internet banking, aplicativo ou caixa eletrônico, os débitos do veículo – IPVA, possíveis multas e a taxa de licenciamento. Neste ano, o processo é totalmente digital.

Em 2021 também não haverá cobrança de taxa do seguro DPVAT, conforme decisão do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP).

Fonte: g1.globo.com Por SP2 e G1 SP

Veja Também

IR 2011: programa já está disponível para download... Como fazer o download Ao entrar no site da Receita, o contribuinte já encontrará a opçãode baixar os programas, tanto de declaração como de envio d...
Previna-se dos 4 erros mais comuns no imposto de r... É notável que o Brasil continua sendo um dos países com a carga tributária mais alta do mundo É notável que o Brasil continua sendo um dos países c...
Como tornar reuniões de trabalho mais produtivas Reunião tem que ter hora para começar e hora para acabar Quantas reuniões eu tenho hoje? Você acha que esta frase parte da sua rotina? Pois bem, nã...
As empresas e o incentivo à cultura Ter uma empresa vai muito além do que administrar um negócio, pois as responsabilidades das corporações perante a sociedade são cada vez mais amplas. ...
Regulamentação do menor nas sociedades Tais ponderações feitas pelo STF merecem respaldo legislativo, ainda que este venha ocorrer depois de quase 40 anos de espera. Não haveria sentido par...
Ponto Eletrônico começa em Março, mas há Dúvidas... Na quarta-feira a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) emitiu uma nota oficial afirmando que as novas regras de Registro Eletrônico...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta