“O documento é exigido das empresas que integram o Simples Nacional. Nele, os empreendedores fornecem as informações socioeconômicas da empresa e de seu faturamento bruto registrado nos últimos 12 meses”, informa a entidade
Como proceder?
Para enviar a declaração, os empreendedores individuais precisam apenas acessar a página da Receita Federal e se dirigir ao link do Simples Nacional. No item em questão, basta informar o CNPJ do EI e seguir as instruções do site.
Lembrando que o EI deverá informar ainda se houve o registro de funcionários durante o ano de 2011 e que aqueles que possuem empresas registradas no setor de comércio ou da indústria precisam declarar o valor da receita sujeita à cobrança de ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços).
“É de extrema importância que o empreendedor saiba o valor exato de seu faturamento de janeiro a dezembro de 2011 e que o informe corretamente na declaração”, explica o analista técnico do Sebrae, Douglas Mousse.
Fonte: Infomoney

Veja Também

4 lições garantem longa vida para empresas familia... Há um paradoxo no mundo empresarial que muitos estudiosos de gestão gostariam de ajudar a resolver. Refere-se ao papel das empresas familiares na cons...
Simples dispensa CND para baixar empresa, mas pres... A recente lei que ampliou a aplicabilidade do Simples — a Lei Complementar 147/2014 — estabeleceu a dispensa da apresentação das certidões negativ...
Doação pode reduzir custo de inventário Fernando e Alice são casados, não têm filhos nem pais e não querem deixar seus bens para os parentes mais distantes que estão de olho na herança. J...
Benefícios personalizados podem atrair e reter tal... — Percebemos que alguns não usufruíam de todos benefícios que oferecíamos. Então, a partir de julho, passamos a oferecer a eles a possibilidade de apr...
Caixa lança aplicativo para consulta de extrato do... A Caixa Econômica Federal lançou nesta quinta-feira (31) um aplicativo que permite ao trabalhador acessar em tempo real o extrato do Fundo de Garantia...
Sped Social entrará em vigor em menos de seis mese... "Qualquer trabalhador que contribua para o sistema previdenciário, seja com o recolhimento do INSS ou outros impostos, está incluso na nova obrigação ...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *