A Receita Federal iniciou nesta terça-feira (15) um conjunto de ações de fiscalização para investigar, em todo o país, contribuintes cujas declarações do imposto de renda revelem indícios de sonegação.

As fiscalizações serão realizadas nos meses de março e abril e coincidem com o período de entrega das declarações deste ano.

Outros profissionais

Além dos profissionais liberais, os aplicadores em Bolsa de Valores que não recolheram corretamente imposto sobre rendimentos, bem como aqueles que receberam rendimentos de forma disfarçada como planos de previdência privada, estão na mira do Fisco.

No primeiro caso, informa a Receita, em 2010, foram encerradas 300 fiscalizações dessa natureza, especialmente em contribuintes que apresentavam grande volume de operações e valor reduzido do imposto pago.

Já no segundo, explica, o artifício é utilizado por empresas que não pagam a contribuição previdenciária patronal, cuja alíquota é de 20% sobre a folha de pagamento, ou por pessoas físicas que não queriam sofrer o desconto do IR na fonte (de até 27,5%) e da contribuição previdenciária.

Nos grupos de contribuintes que serão investigados pelo Fisco ainda estão:

* Pessoas com gastos elevados com cartões de crédito;
* Grandes produtores rurais que não declaram imposto de renda ou omitem rendimentos;
* Contribuintes que inventam dívidas para justificar ganhos superiores aos rendimentos declarados;
* Contribuintes com sinais exteriores de riqueza incompatíveis com os rendimentos informados na declaração;
* Contribuintes que deixaram de declarar rendimentos recebidos do exterior;
* Contribuintes que não declararam rendimentos de ações judiciais;
* Contribuintes com lucro na venda de imóveis e sem pagamento de imposto.

Fonte: Infomoney

Veja Também

6 dicas para a empresa decolar em 2012 Avalie quanto vale (de verdade) sua empresa: Batista Gigliotti, master franqueado da Sunbelt Business Brokers no Brasil, a maior empresa de intermedia...
A importância da cláusula de sucessão no contrato ... A inexistência de regras específicas no contrato acaba por sujeitar a relação às regras gerais previstas em legislações aplicáveis, o que pode, por ve...
Receita Federal lança serviço que permite atualiza... Outras novidades são os novos comprovantes de inscrição e a consulta cadastral em QR CODE A Receita Federal (RFB) disponibilizará na próxima ...
Cuidados na hora de abrir e fechar contas em banco... Pegar uma senha para o caixa e outra para o atendimento com o gerente. Lá se vão minutos, horas e horas de espera para, simplesmente, fechar ou, então...
EXCLUSÃO DO ICMS DA BASE DE CÁLCULO DO PIS/COFINS ... Muito embora a recente decisão do Carf de excluir o ICMS da base de cálculo do PIS e da Cofins ser uma vitória, ainda é incerta essa possibilidade. ...
Obrigações acessórias elevam custos das companhias... Em poucos lugares do mundo elas são tantas e tão vorazes, exigindo as mesmas informações em formatos distintos kléber gutierrez Quando ouvimos f...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta