Por outro lado, ter desafios, possuir excelente integração com a equipe, ser reconhecido e respeitado, além de ter perspectiva de crescimento e desenvolvimento, são quesitos notadamente importantes para os profissionais, sendo apontados por 61%, 51%, 47% e 47% dos entrevistados, respectivamente.

Felicidade

No geral, 68% dos profissionais de média e alta gerência de dois dos principais mercados brasileiros, Rio de Janeiro e São Paulo, se dizem felizes atualmente no trabalho

No que diz respeito à responsabilidade pela felicidade, 94% dos profissionais acreditam que ela depende tanto do profissional como da empresa. Em outras palavras, para a maioria, a felicidade no trabalho depende da automotivação, de como a pessoa encara as mais diversas situações e do ambiente empresarial e seus benefícios.

Outros 5% acreditam que a felicidade no trabalho é de responsabilidade apenas do profissional, enquanto 1% credita o fato somente à empresa.

Infelicidade

Apesar de a remuneração não estar entre os principais quesitos da felicidade, ela é considerada um dos maiores motivos para a infelicidade, citada por 36%.

Neste sentido, além da insatisfação com a remuneração, os fatores que mais contribuem para a infelicidade no trabalho são a falta de perspectiva de crescimento e desenvolvimento (68%) e a falta de desafios (36%).

Fonte: Infomoney

Veja Também

Redes Sociais e as Relações Trabalhistas O aplicativo mais usado nos dias de hoje vem trazendo muitas mudanças não só na vida das pessoas, como também nos tribunais. Chamadas e mensagens pelo...
Fique de olho, empregador! Cuidados ao colocar em prática o banco de horas Por José Daniel Gatti Vergna* Semana passada, o Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (GO)...
Combate Nacional à Informalidade dos Trabalhadores... O Ministério do Trabalho e Previdência Social dará continuidade em 2016 ao Plano Nacional de Combate à Informalidade dos Trabalhadores Empregados - PL...
Sped na folha de pagamento A novidade, que vem sendo chamada de Sped Social, EFD da Folha de Pagamentos ou EFD Social, vai mudar a rotina dos departamentos de Recursos Humanos (...
Nova fase contábil afeta mais micro e pequeno empr... Roberto Dumke Em vez de facilitar trâmites e reduzir a burocracia, a nova fase em que a contabilidade brasileira ingressa está tomando um rumo opos...
Contabilistas são aliados de empresas para driblar... Profissionais contábeis têm ganhado papel estratégico dentro das companhias e suas informações contribuem cada vez mais para a tomada de decisões dos ...

Deixe uma resposta