Contratar a pessoa certa sai caro, mas escolher o profissional errado é ainda mais custoso

Contratar um funcionário é sempre um risco – na hora da entrevista, a pessoa parece o candidato perfeito. No entanto, após o real início das atividades é que o gestor começa a perceber que aquele profissional talvez não fosse a melhor opção para o cargo ou para o momento. Então, começa o prejuízo – são gastos de dinheiro e tempo com a demissão, um novo processo seletivo e uma nova contratação.

Lou Adler, especialista em recrutamento e seleção e colunista da revista americana Inc., focada em empreendedorismo, listou os quatro piores erros de quem contrata. Veja abaixo quais os pontos de atenção e como não cair nessas ciladas.

 

Link:http://www.dcomercio.com.br/categoria/gestao/os_4_piores_erros_na_contratacao_de_funcionarios

Fonte: Diário do Comércio

Veja Também

Obrigações acessórias elevam custos das companhias... Em poucos lugares do mundo elas são tantas e tão vorazes, exigindo as mesmas informações em formatos distintos kléber gutierrez Quando ouvimos f...
O que gera danos morais no trabalho As convenções da OIT nºs 155/1981 e 161/1985, mais a vigente, estabelecem a pertinência dos serviços de saúde no ambiente de trabalho e as medidas de ...
Breves anotações sobre as normas internacionais pa... Trata-se de uma importante iniciativa, pois, seguramente, essas empresas devem representar mais de 90% (noventa por cento) das sociedades empresárias ...
Conceito de “Insumos” para PIS e COFIN... Nova decisão da CSRF encerra a controvérsia no âmbito administrativo? Como sabido, tal transposição conceitual desde então tem sido objeto de fortes c...
Receita restringe regime especial de tributação à ... A Secretaria da Receita Federal esclareceu, por meio da Solução de Consulta Cosit nº 196/2015, que o Regime Especial de Tributação (RET) aplica-se exc...
A culpa é do contador Esse triste episódio vem ressaltar como responsabilidades são facilmente atribuídas aos profissionais da contabilidade. Sem conhecer detalhes, não vam...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *