Para conseguir a isenção, o contribuinte precisa agendar a perícia em um dos postos do INSS, que irá avaliar o estado de saúde do segurado. Se o pedido for aceito, a própria Previdência Social deixará de descontar o IR que ficava retido na fonte.

Pelas regras da Receita, se o aposentado continuar trabalhando e tiver uma das doenças graves, apenas o benefício pago pelo INSS será isento. O rendimento do trabalho continuará sendo tributado.

Fonte: Agora São Paulo
23/05/2011

Veja Também

As principais modificações de leis para as empresa... Para o ano de 2012 algumas mudanças impactarão de forma mais direta na rotina das empresas, gerando maior burocracia e uma conseqüente demanda de temp...
Com reforma, trabalhador pode ter que pagar custos... Os trabalhadores que hoje têm processos na Justiça contra empregadores podem ter que pagar as custas da causa e os honorários do advogado da empresa c...
Carga tributária continua alta para pequena empres... Também é pertinente o parcelamento da dívida tributária, em até 60 parcelas, para os empreendedores que estão enquadrados no Simples Nacional,assim co...
Pesquisa demonstra o descontentamento dos empresár... Os que acreditam que o IFRS deveria ser aplicado a todas as empresas, independentemente do porte, somam 50,3%. Outro dado apontado pela WK Sistemas é ...
Aviso prévio maior vale só para empregado O Ministério do Trabalho confirma a existência do memorando, mas faz a ressalva de que não se trata da posição oficial da pasta.O texto seria apenas u...
O líder do século 21 Para ele, o líder do século 21 é aquele que entende de estratégia e de pessoas. “A responsabilidade do profissional de liderança é entender de estraté...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta