Para conseguir a isenção, o contribuinte precisa agendar a perícia em um dos postos do INSS, que irá avaliar o estado de saúde do segurado. Se o pedido for aceito, a própria Previdência Social deixará de descontar o IR que ficava retido na fonte.

Pelas regras da Receita, se o aposentado continuar trabalhando e tiver uma das doenças graves, apenas o benefício pago pelo INSS será isento. O rendimento do trabalho continuará sendo tributado.

Fonte: Agora São Paulo
23/05/2011

Veja Também

Como trabalhar menos, ter menos estresse e ainda, ... Conforme Lopez, para se reverter esse quadro o empresário deve tornar o seu negócio, em primeiro lugar, um lugar prazeroso para se trabalhar. Não há c...
Maioria das empresas tem dificuldade em lidar com ... Em 2014 O especialista acredita que este cenário deve mudar nos próximos anos. Para ele, em 2014, as empresas estarão bem mais aptas para lidar com o...
Fazenda Nacional enviará a protesto valores devido... PGFN acelera cobrança de dívidas junto ao Fundo de Garantia do trabalhador A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) decidiu enviar para protes...
TJ/SP autoriza uso de precatório para garantir pag... Uma empresa de Valhinhos, interior de São Paulo, obteve autorização da Justiça para oferecer como garantia em um processo de execução fiscal – que cob...
Pessoas físicas que serão autuadas pela Receita Fe... Poucos dias antes de terminar o prazo para a entrega de imposto de renda, a Receita Federal em documento chamado “Esforço Estratégico de Fiscalização ...
Ponto Eletrônico começa em Março, mas há Dúvidas... Na quarta-feira a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) emitiu uma nota oficial afirmando que as novas regras de Registro Eletrônico...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *