Para garantir que os projetos sejam entregues nos prazos estabelecidos pela Receita Federal, muitas empresas estão optando pela terceirização de serviços como alternativa à falta de mão de obra em número suficiente e qualificada para executar todas as tarefas relacionadas ao SPED. Atenta a esta movimentação das empresas, a Sispro – Serviços e Tecnologia para Administração e Finanças investe na oferta de Outsourcing do SPED, que inclui um pacote de serviços de consultoria e execução de todas as etapas da escrituração digital do SPED para que as empresas não enfrentem problemas com o Fisco.

Segundo Lourival Vieira, diretor de Marketing da Sispro, existe uma grande preocupação no mercado relacionada aos prazos que o Fisco deixou para as empresas cumprirem suas obrigações contábeis e fiscais. “E são dois os principais fatores que contribuem para que o cenário seja desfavorável: a falta de atualização dos sistemas de gestão e a deficiência na capacitação e atualização das equipes envolvidas nos projetos do SPED”, afirma o executivo. Segundo ele, a situação se complica porque o volume de informações a serem gerenciadas e tratadas é muito grande e nem sempre as empresas estão com a infraestrutura tecnológica e de pessoal atualizadas para atender a esta grande demanda. É por isso que o Outsourcing do SPED se apresenta como alternativa viável para as empresas, independente de seu porte e especificidade contábil e fiscal”.

O executivo lista as principais obrigações do SPED para justificar o Outsourcing como alternativa de trabalho: Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), Escrituração Contábil Digital (ECD), Escrituração Fiscal Digital do ICMS/IPI (EFD-ICMS/IPI), Escrituração Fiscal Digital das Contribuições PIS/Cofins (EFD-PIS/Cofins), Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e), Livro Eletrônico de Apuração do Lucro Real (e-Lalur), Controle Fiscal Contábil de Transição (FCONT), entre outras exigências. “Sem contar que as muitas empresas estão com maior dificuldade para conseguir acompanhar a adequação contábil à IFRS (International Financial Reporting Standards), por exemplo, quando se trata da adequação dos balanços patrimoniais às novas regras”, ressalta.

“O conhecimento sobre o SPED também vai além das novas regras e, inclusive, direito tributário, gestão de processos, qualidade dos dados, entre outros aspectos. Aqui na Sispro temos uma equipe totalmente dedicada a acompanhar as novas mudanças, o que também envolve a participação de outra área da empresa: a de desenvolvimento, porque é necessário que as ferramentas de gestão e serviços de outsourcing que oferecemos ao mercado possam acompanhar este processo. Acreditamos que a nossa oferta de Outsourcing do SPED é viável para estas empresas que encontram dificuldades de infraestrutura de TI e de pessoal”.

Os serviços de Outsourcing do SPED da Sispro incluem a preparação, validação e envio das informações contábeis para o Fisco, segundo a legislação e inclui a guarda dos arquivos gerados no data center da Sispro.

Fonte: Revista Incorporativa

18/05/2011

Veja Também

Escrituras já podem ser feitas a distância em SP A partir desta quarta-feira, 29, já é possível fazer escrituras a distância no estado de São Paulo, com uso de certificado digital. A novidade foi de...
Intervalos do Trabalho Em qualquer trabalho contínuo, cuja duração exceda 6 horas, é assegurada a concessão de um intervalo com duração mínima de 1 hora, não podendo ser: ...
Queda de faturamento foi menor entre empresas que ... 11ª pesquisa de Impacto da pandemia nos pequenos negócios, realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV, traçou perfil dos empreendedores que usam a ...
O impacto do eSocial na fiscalização trabalhista A partir de setembro,as empresas que tiveram faturamento superior a R$ 78 milhões em 2014 deverão utilizar o eSocial para entrega de declarações relat...
Carga tributária continua alta para pequena empres... Também é pertinente o parcelamento da dívida tributária, em até 60 parcelas, para os empreendedores que estão enquadrados no Simples Nacional,assim co...
Não incide ICMS na importação de bens por pessoa f... Acontece que a Súmula 660 do Supremo Tribunal Federal diz que não incide ICMS na importação de bens por pessoa física ou jurídica que não seja contrib...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta