Confira dicas para dar conta da dupla jornada e não ser desleal com seu chefe

Envolva sua família
Mesmo que tenha funcionários, peça a ajuda de familiares. O tempo é escasso e vai ser difícil dar conta do volume de trabalho. Por isso, conte com o apoio de mais pessoas para atender telefonemas, despachar mercadorias, fazer depósitos bancários, colocar o escritório em ordem e até mesmo preparar uma refeição. Ter a contribuição de pessoas próximas e de confiança é uma boa maneira de cumprir mais tarefas em menos tempo.

Abra mão, temporariamente, dos momentos de lazer
Vai precisar esquecer as horas de lazer durante um período. Todo o tempo livre deve ser dedicado ao novo negócio, mas esteja certo de que o sacrifício valerá a pena. Será interessante fazer isso para não gastar o dinheiro que será investido e porque sentirá a necessidade de estar com a mente e o corpo descansados para o dia ser produtivo.

Mantenha o profissionalismo
Quando estiver no trabalho, foque no trabalho. Não permita que pensamentos sobre seu novo negócio o distraiam. Não falte ou saia mais cedo por causa de eventuais problemas na sua nova empresa e jamais use equipamentos da companhia em que trabalha em benefício próprio.

Cada minuto é precioso
Use o tempo no metrô, na sala de espera do consultório médico ou em aviões para ler e-mails ou colocar a leitura de documentos em dia. Se achar que esses minutinhos podem ser usados para tirar um cochilo ou relaxar um pouco, aproveite.

Seja honesto
Você deve avaliar se conta ou não para o seu chefe sobre a sua dupla jornada. Desde que não interfira no trabalho, há gestores que não se importam com o que os funcionários fazem nas horas vagas. Em muitos casos, é melhor ser honesto do que deixar o chefe com a sensação de que você está escondendo algo.

Conquiste seus próprios clientes
Se o ramo de atuação da sua nova empresa for o mesmo da companhia onde trabalha atualmente, talvez seja melhor contar ao seu chefe. Diga a verdade, fale sobre sua paixão pela área, sobre o aprendizado conquistado, sobre a oportunidade que surgiu. Agradeça a experiência conquistada e deixe claro que, apesar de atuar na mesma área, pretende conquistar seus próprios clientes. Ele pode ficar chateado no início, mas não achará que você foi desleal ou antiético.

Veja Também

EFD-Social promoverá mudança cultural no dia a dia... Os arquivos digitais da folha de pagamento eliminarão os trabalhos feitos em papel e passarão a ser emitidos eletronicamente, formando assim um cadast...
Exija Nota Fiscal de Serviços e faça retenção de t... Há os casos de profissionais autônomos que não emitem Nota Fiscal de Serviços, porém devem fornecer o RPA (Recibo de Pagamento a Autônomo) ou RPS (Re...
eSocial permitirá que Governo Federal intensifique... Unificar as informações e cruzar a base de dados para poder identificar possíveis irregularidades e atuar com a fiscalização é um dos objetivos do Gov...
Receita vai monitorar melhor aluguel no IR 2011 Agora, as pessoas físicas que pagaram aluguel a pessoas jurídicas têm a possibilidade de incluir o CNPJ dessas empresas no documento. Anteriormente, s...
Contribuinte pode se recusar a entregar extrato Em determinada ocasião um contribuinte recebeu intimação assinada por um auditor fiscal da Receita Federal, onde se exigia apresentação de extratos ba...
GERENTE – COMO APROVEITAR MELHOR SEU TEMPO Os quatro primeiros recursos podem ser manipulados pelo homem, uma vez que o capital poderá ser aumentado, gasto ou mantido; recursos humanos podem se...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta