O Diretor Político Parlamentar da Fenacon, Valdir Pietrobon, esteve reunido com o coordenador geral do eSocial, Daniel Belmiro, para tratar de problemas com a aplicação do eSocial. O encontro aconteceu na tarde de ontem e teve como objetivo discutir algumas preocupações com respeito às micro e pequenas empresas.

Na oportunidade foi entregue ofício com preocupações e sugestões operacionais, no intuito de contribuir com o sucesso do programa. Dentre as sugestões apresentadas se destacam: a aplicação de multas somente após o prazo de um ano, contados da data em que efetivamente o sistema estiver em pleno funcionamento; disponibilização de módulo de sistema simplificado para micro e pequenas empresas; e o uso do CPF na identificação dos funcionários, ao invés do PIS, considerando a (real) possibilidade de duplicidade de cadastro.

Além disso, no ofício foi apresentado uma sugestão com novo cronograma de prazos para viabilização do eSocial, conforme abaixo:

– Empresas Públicas em geral: a partir de janeiro de 2015;

– Empresas Privadas com mais de 500 empregados: a partir de março de 2015;

– Empresas Privadas com 100 e até 499 empregados: junho de 2015;

– Empresas Privadas optantes por regimes tributários diferentes do Simples (Presumido/Real/Arbitrário) que tenham de 0 a 99 empregados: a partir de setembro de 2015;

– Micro e Pequenas Empresas: janeiro de 2016;

– MEI, Produtor Rural e empregado doméstico: março de 2016.

O documento enfatizou, ainda, que esse cronograma será viável apenas se o sistema estiver no ar dentro dos próximos 60 dias.

Pietrobon avaliou a reunião de maneira positiva e destacou a verdadeira intenção da Fenacon, ao apresentar o ofício. “Nosso objetivo é contribuir com a viabilidade do eSocial. Por isso, trouxemos essas proposta de aperfeiçoamento”, afirmou Pietrobon.

Encontro – no próximo dia 21 de maio será realizado o Encontro do eSocial, para esclarecimentos e debate do projeto com representantes das Entidades Representativas, Sociedade Empresarial e do Governo. A expectativa é de que todas essas questões sejam definida.

Fonte: Fenacon

Veja Também

Novas regras para participação nos lucros impõem r... A diferença de contribuição pode ser bastante expressiva conforme um estudo feito por Leticia. Ela exemplifica com um empregado que ganha R$ 10 mil me...
Receita cria nova malha fina para as companhias Próximo mês A medida vale a partir da DCTF de abril. Todas as organizações e entes públicos são obrigados a entregarem a declaração mensalmente, com ...
10 perguntas e respostas sobre Usufruto de imóvel Posso doar um imóvel em vida? Posso passar meu imóvel para meus filhos e ainda continuar residindo nele? Calma! Hoje nós vamos sanar todas essas dúvi...
ICMS/Sp – Fazenda lança projeto piloto para ... A Secretaria da Fazenda lançou nea quinta-feira retrasada, 23/11, o Pós-validador da Escrituração Fiscal Digital (EFD), mais uma iniciativa desenvolvi...
Inovação é caminho obrigatório também para micro e... Quando ouvem falar de inovação, conceito bastante difundido nos últimos tempos, muitos micro e pequenos empresários acreditam que o assunto não diz r...
‘Nada vem de graça, você tem de se dedicar, transp... Gerente geral para a América Latina da produtora de software de governança Axway, Marcelo Ramos ressalta a importância do esforço para o crescimento...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta