O sujeito trabalha praticamente os 365 dias do ano, não tem tempo para o lazer, não consegue acompanhar o crescimento dos filhos de perto, nem estar livre para ir a compromissos familiares. Sua atenção está toda voltada para a empresa de que é dono. Se você conhece alguém com uma rotina assim, certamente já ouviu essa pessoa dizer que precisa de férias. Só que simplesmente não consegue tirar folga porque, caso se afaste, o negócio desanda. Não é difícil concluir que algo está errado na gestão. As férias para empreendedor são essenciais!

Manter-se na labuta sem descanso é um erro. Faz mal para a saúde do empreendedor e da própria empresa. Quem está estafado não produz bem e contamina todos ao redor.

Mas para ter férias, planejamento é requisito essencial. Um bom plano de negócio, que permita monitorar resultados, estabelecer objetivos e que seja compartilhado por todos os empregados abre caminho para que o empresário desfrute de um período tranquilo longe das obrigações.

A equipe deve estar bem treinada para garantir a qualidade do trabalho na ausência do dono. Os funcionários têm de saber lidar com qualquer aspecto do negócio. Talvez seja necessário oferecer cursos para capacitá-los, o que demanda atentar para a questão com antecedência.

Um ponto fundamental e que muitas vezes o empresário tem dificuldade em colocar em prática: delegar tarefas e poder de decisão. O empreendedor deve abandonar o perfil centralizador, ter pessoas de confiança em todas as áreas e capacitadas a resolverem por ele.

Antes da folga, o dono da empresa precisa estabelecer metas, definir tarefas específicas para os colaboradores e explicitar que os resultados serão cobrados quando ele voltar. É a maneira de evitar que o desempenho do negócio caia enquanto estiver fora.

Por fim, o empresário tem de se desligar totalmente. Nada de cuidar do negócio a distância, pelo celular ou e-mail. É hora de descansar, somente isso. Dessa forma ele pode recarregar a bateria e até ter ideias novas.

Pense no assunto e prepare-se para ter seu período de recesso. Qualidade de vida também ajuda a ser bem-sucedido.

Fonte: http://brunocaetano.com.br/

Veja Também

MEI pode usar residência como sede do negócio Governo sanciona lei que permite que o endereço comercial do Microempreendedor Individual seja o mesmo de sua casa O Microempreendedor Individual (ME...
Direito do Trabalho Mudança de jornada de trabalho não enseja rescisão indireta A Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) manteve a decisã...
Regulamentação do menor nas sociedades Tais ponderações feitas pelo STF merecem respaldo legislativo, ainda que este venha ocorrer depois de quase 40 anos de espera. Não haveria sentido par...
As dez mudanças tributárias com maior impacto em 2... De alterações no local onde deve ser recolhido o ISS à necessidade de declaração, por pessoas físicas, de valores acima de R$ 30 mil, 2018 deve trazer...
Receita Federal divulga Plano de Fiscalização para... De olho nas regras fiscais e no plano de fiscalização da Receita Federal, contribuinte trabalhe com quem entende e atende à legislação A Receita ...
Boleto vencido pode ser quitado em qualquer banco Boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) começa a adotar, de forma escalonada, uma plataforma...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta