Telmo Schoeler

Na crise atual, o desafio das empresas de controle e gestão familiar é maior. A perenidade dos negócios depende de como seus acionistas lidam com os valores, o capital e a gestão. Valores devem ser cultivados, transmitidos e constantes; já capital e gestão, adequados, estruturados, capacitados, profissionais e mutantes. O problema é que a empresa familiar tende a olhar os três fatores pelo espelho retrovisor, quando só o primeiro deveria ser objeto disso.
Manter sólida a estrutura de capital é difícil. Sua pulverização dificulta o aporte de recursos pelos acionistas. Hábitos, visões antigas e barreiras culturais bloqueiam a atração de acionistas. Ajustar a gestão requer visão e definições estratégicas, separação entre propriedade e gestão, além da avaliação da capacidade dos executivos, em uma realidade que pode tornar obsoletos profissionais, estruturas, produtos. Isso demanda isenção, profissionalismo e determinação realística nas decisões. As sucessões de patrimônio, capital e de gestão dispersam focos empresariais, prejudicando a afinidade estratégica e tática, imprescindíveis em cenários de crise. Há a necessidade da separação entre família, propriedade e gestão. A má performance da gestão respinga na sociedade e no patrimônio, fontes de litígios que desestruturam a família. O final é a dilapidação de patrimônio ou a morte da empresa.
As empresas com processos de sucessão definidos e consolidados sofrem menos. Não há a interferência da “família”. Os mecanismos de ação e controle são compatíveis com a Governança Corporativa e o acesso a recursos é mais fácil.

Fonte: Jornal do Comércio

Veja Também

Imposto de Renda: manual da boa convivência com o ... Além da declaração pré-preenchida do IR, a assinatura eletrônica pode ser utilizada também no preenchimento de documentos e impostos dos governos fede...
5 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O ESOCIAL E OS RISCO... Entrevista com a especialista em Ergonomia Prof. Lucy Mara Baú, sobre as principais mudanças do eSocial referente aos riscos ergonômicos na fase final...
Contribuinte pode doar parte do IR para fundo que ... A doação pode ser feita diretamente ao fundo por meio do Programa Gerador da Declaração de Ajuste Anual, sem custo adicional para o contribuinte. Uma...
Cinco coisas que, provavelmente, você faz e são pr... Mude sua rotina e melhore seu desempenho Todos os dias, milhares de profissionais cometem uma série de erros que podem prejudicar a produtividade n...
O mecanismo da substituição tributária no ICMS e s... Nesta conjuntura, a constitucionalidade do mecanismo da substituição tributária foi abundantemente discutida, arguindo-se, sobretudo, a presunção do f...
Malha fina deve pegar mais gente em 2014 “O número dos que caem na malha fina vai ser cada vez maior. Não significa que as pessoas estejam erradas, mas a Receita está cada vez mais rigorosa e...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta