O governo federal tem até o início de agosto para avaliar o texto enviado pelo Congresso Nacional

Recém chegado ao Palácio do Planalto, o Projeto de Lei Complementar (PLP nº9/2020), que permite ao governo federal parcelar as dívidas das micro e pequenas empresas enquadradas no Simples Nacional, já recebe pressão para que o presidente da República, Jair Bolsonaro, sancione a nova legislação. O governo federal tem até o início de agosto para avaliar o texto enviado pelo Congresso Nacional.

Para o tributarista do Lavocat Advogados, Fernando Lima, a aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLC) permite que as micro e pequenas empresas, enquadradas no Simples, possam usufruir de benefícios que podem ajudar na sobrevivência desses negócios em meio à crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

Dentre as vantagens, estão descontos de até 70% sobre multas, juros e encargos, além de um prazo de até 145 meses para o pagamento de dívidas. Já para empresas maiores, o desconto é limitado em 50% e o prazo máximo é de 84 meses.

Outro destaque do projeto é a prorrogação do prazo para que as empresas de pequeno porte, em início de atividade, possam tentar se enquadrar neste regime simplificado de tributação. A extensão dada é de 90 dias para 180 dias.CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fernando Lima ressalta, porém, que o Congresso Nacional “deixa claro” na proposta que, no tocante aos débitos de ISS e ICMS (de competência municipal e estadual, respectivamente), os impostos só poderão ser incluídos nos acordos de transação caso a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional esteja cobrando a integralidade dos débitos apurados no regime do Simples Nacional.

O projeto faz parte de uma série de medidas que devem ser sancionadas pelo Palácio do Planalto, que possui até o dia 05 de agosto para decidir sobre o assunto. A medida, no entanto, foi recebida pela Presidência no dia 16 deste mês.

Fonte: jornaldebrasilia.com.br

Veja Também

A revolução do Sped está apenas começando Uma das vantagens do sistema é a redução significativa do uso de papéis Com a promessa de iniciar uma verdadeira revolução nas rotinas contábeis e ...
Cartilha para o pequeno empreendedor A regulamentação não é recente, mas em face de muitos adiamentos e discussões, ainda não é muito claro para o Pequeno Empreendedor o que deve fazer a ...
Decisão da Justiça vai permitir redução de carga t... Empresas terão redução de 4% a 10% da carga tributária incidente na receita ou faturamento com vendas, segundo estimativas de especialistas, após deci...
Ainda aguardando votação, novo Simples só entra em... Guilherme Daroit Batizado de "Crescer sem medo", o projeto de lei que faz modificações no Simples Nacional está na fila para ser aprovado pela Câma...
ERROS NA FOLHA DE PAGAMENTO PODEM SER FATAIS PARA ... Questões financeiras podem ser facilmente resolvidas com sistemas automatizados Algumas áreas em uma empresa são mais sensíveis que outras e ...
Simples Nacional: Fiscos identificam contribuintes... Foi concluída a seleção dos optantes do Simples Nacional que serão objeto do Alerta do Simples Nacional 4. As ações integradas identificaram cerca de ...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta