A adesão ao PERT – Programa Especial de Regularização Tributária em setembro/2017 exige atenção do contribuinte para o pagamento das parcelas cumulativas (agosto e setembro/2017).

Caso o contribuinte opte pelo pagamento à vista e em espécie, observado o percentual mínimo exigido do valor da dívida consolidada, sem reduções, o pagamento referente à parcela do mês de agosto de 2017 será efetuado cumulativamente à parcela do pagamento à vista referente ao mês de setembro de 2017.

Nos casos em que o contribuinte opte pelo pagamento da dívida consolidada em até 120 parcelas mensais e sucessivas, os pagamentos da 1ª e da 2ª prestações, nos percentuais mínimos para cada prestação de 0,4% da dívida consolidada, serão realizados cumulativamente no mês de setembro de 2017.

Os pagamentos efetuados cumulativamente serão considerados como a 1ª prestação.

Base: Instrução Normativa RFB 1.733/2017.

Fonte: SpedNews

Veja Também

É inválido pedido de demissão do menor sem assistê... Uma trabalhadora ajuizou reclamação contra seu ex-empregador alegando a existência de vício no pedido de demissão, já que este foi assinado somente po...
Governo anuncia pacote para estímulo do mercado de... http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2014/06/1471115-governo-anuncia-pacote-para-estimulo-do-mercado-de-capitais.shtml  
Pequenos grandes negócios Veja bem, não é a mesma coisa. Uma empresa grande é grande em tamanho, têm milhares de funcionários, várias unidades de negócios, grande cobertura geo...
Os quatro pilares da Empresa Familiar no Processo ... Para Domingos Ricca, consultor especialista em empresas familiares e autor de livros sobre o tema, a realização de um planejamento sucessório é uma da...
6 fatores a serem evitados ao abrir sua empresa em... Com os ajustes que devem ser feitos este ano na economia brasileira e que impactarão na confiança dos pequenos e médios empresários, os empreendedores...
Cinco motivos para que todo empreendedor formalize... Ter um CNPJ, seja como microempreendedor individual (MEI) ou como microempresa, é importante para a segurança jurídica do empreendedor A ideia é bo...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta