Fornecimento de marmitas, serviços para idosos ou atividades de estética. Os negócios no ramo de alimentação, saúde e serviços pessoais serão as apostas de novos empreendedores para 2018. Estudo elaborado pelo Sebrae, com base no perfil de novas empresas em anos anteriores, no comportamento da economia nacional e no mercado externo, revelou que os empreendimentos que promovem saúde, inovam na oferta de alimentos e oferecem serviços ligados à beleza pessoal estão entre as atividades mais prósperas para este ano.

“Os recentes resultados de geração de emprego comprovam que economia dá sinais de recuperação. Com isso, aumenta também o poder de compra dos brasileiros, que voltam a consumir alimentação fora de casa, retomam o ritmo de cuidados pessoais e conseguem investir na saúde. Os novos negócios são reflexo direto desse cenário”, analisa o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Para mapear os negócios promissores de 2018, o Sebrae analisou os segmentos com maior taxa de expansão nos últimos anos, pois sinalizam a existência de uma maior demanda do mercado consumidor. Entre 2013 e 2017, o serviço ambulante de alimentação e o fornecimento de alimentos preparados para consumo das famílias cresceram 24% ao ano, por exemplo.

Outro setor que deve atrair novas empresas em 2018 é a construção, com destaque para atividades de pequenas reformas, instalação e manutenção elétrica e serviços de pintura. Nos últimos cinco anos, o registro de novas empresas que oferecem serviço de obras de alvenaria aumentou 36% ao ano.

Confira a lista das atividades mais promissoras para 2018:

– Alimentos e bebidas: lanchonetes, casas de chá, de sucos, comércio de alimentos, fornecimento de alimentos preparados, bares, restaurantes, comércio de bebidas e fabricação de produtos de padaria e confeitaria;

– Vestuário e calçados: confecção de roupas, confecção sob medida, comércio de vestuário e calçados;

– Construção: Pequenas reformas, instalação e manutenção elétrica, serralheria, comércio de material de construção e serviços de pintura;

– Saúde: Venda de planos de previdência complementar e de saúde, atividades de condicionamento físico, serviço de diagnóstico por imagem, atividades de fisioterapia, atividade médica ambulatorial, ensino de esportes, instituições para idosos e serviços veterinários;

– Educação: serviços de educação infantil, treinamento profissional/gerencial, transporte escolar, ensino de esportes;

– Serviços pessoais: cabeleireiros, manicure e pedicure, atividades de estética e beleza, comércio de cosméticos;

– Serviços especializados: Transporte de carga, serviço de taxi, lavagem/lubrificação/polimento de veículos, lanternagem e pintura de veículos, serviço de entrega rápida, produção de fotografia e serviços de contabilidade;

– Vendas: marketing direto, promoção de vendas, representação comercial, fabricação de letreiros;

– Comunicação/Computação: serviço de comunicação/multimídia, desenvolvimento de softwares, portais/provedores de conteúdo e outros serviços de internet.

– Informática: comércio de equipamentos de informática

– Entretenimento: casas de festas e eventos, organização de feiras, congressos, exposições e festas

– Lojas de conveniência

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Veja Também

Nova modalidade de empresa pode impulsionar os peq... Em 24 de abril de 2019, foi promulgada a Lei Complementar n.º 167, que criou uma nova espécie de empresa denominada Empresa Simples de Crédito (...
GESTÃO Em tempos de coronavírus, o negócio é vende... Saiba como contornar a fuga de consumidores por conta da epidemia, e agora, a quarentena determinada por lei, usando a internet, redes sociais e até...
Parcelamento – Lei nº 12.996/2014 Com nova publicação de Portaria Conjunta PGFN/RFB nº 13/2014 no D.O.U. do dia 01.08.2014 foi apresentado a regulamentação do parcelamento concedido na...
HORAS EXTRAS FOI O PRINCIPAL TEMA DAS AÇÕES TRABAL... A compensação de horas através de acordo individual trazida pela reforma flexibilizará a compensação de horas e como consequência diminuirá a incidên...
Empresas do Simples Nacional Terão Acesso a Versão... Os mais de 4,8 milhões de micro e pequenos empresários e 7,2 milhões de Microempreendedores Individuais (MEI) do país irão integrar o eSocial a partir...
Receita abre na sexta-feira (08/08) a consulta ao ... A partir das 9 horas de sexta-feira, 08 de agosto, estará disponível para consulta o terceiro lote de restituição do IRPF de 2014, que contempla 1.593...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta