Neste mês de fevereiro a Receita está cobrando um segundo lote de 915 contribuintes que devem mais R$ 1,5 bilhão em obrigações correntes. E um terceiro lote de cobrança já está programado para as próximas semanas. Os contribuintes estão sendo comunicados da cobrança por meio de carta enviada ao seu domicílio tributário eletrônico.

A Receita Federal vem realizando lotes de cobrança de obrigações correntes vencidas após abril de 2017 dos contribuintes que aderiram ao PERT – Programa Especial de Regularização Tributária. No final de 2017, foi realizado o primeiro lote, que envolveu 405 contribuintes com um total de R$ 1,6 bilhão em dívidas. Destes, aproximadamente a metade já regularizou as pendências e serão mantidos no PERT.

Para que o contribuinte possa usufruir dos benefícios do PERT – reduções de multas e juros, prazo de até 180 meses para pagamento da dívida e possibilidade de utilização de créditos diversos para quitar parte da dívida, dentre outros – é necessário que mantenha em dia as suas obrigações tributárias correntes vencidas após 30 de abril de 2017, conforme determina a Lei 13.496/17. A inadimplência por três meses consecutivos ou seis meses alternados implica a exclusão do devedor do PERT.

Em março a Receita fará o cancelamento da adesão/exclusão de todos os contribuintes cobrados até lá e que não se regularizarem. A partir daí, esses contribuintes deixarão de contar com os benefícios do PERT.

Para saber mais sobre a legislação do Pert clique aqui

Fonte: Spednews

Veja Também

Sonegação ou inadimplência? Há diferença entre as duas situações, bem como nas consequências jurídicas Você sabia que há uma diferença entre sonegar e deixar de pagar um im...
Cuide da sua mente nesse fim de ano Eduardo Shinyashiki (*) Estamos perto do fim de 2016! Além da organização das festas, normalmente esse é o período em que as pessoas se dedicam p...
Teste de gravidez com ciência da empregada em exam... Na Justiça do Trabalho, a obrigação de indenizar exige a prática de ato ilícito atribuído ao empregador ou alguém a seu mando, que resulte em prejuízo...
Restaurante não pode excluir gorjeta do cálculo de... É legal a cobrança de impostos do Simples Nacional, como o PIS e o COFINS, sobre as gorjetas dadas por clientes a garçons em estabelecimentos de alime...
Empresas precisam de estratégias para jornada de t... Liberação dos funcionários para os jogos é tema de evento que será realizado hoje em Curitiba Curitiba - A vontade da maior parte dos brasileiros é...
Entenda como funciona o Regime Parcial para as emp... Após muitos anos de discussão intensa sobre os direitos das domésticas, da aprovação da Lei e das novas mudanças efetuadas recentemente, não há dúvida...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta