Neste mês de fevereiro a Receita está cobrando um segundo lote de 915 contribuintes que devem mais R$ 1,5 bilhão em obrigações correntes. E um terceiro lote de cobrança já está programado para as próximas semanas. Os contribuintes estão sendo comunicados da cobrança por meio de carta enviada ao seu domicílio tributário eletrônico.

A Receita Federal vem realizando lotes de cobrança de obrigações correntes vencidas após abril de 2017 dos contribuintes que aderiram ao PERT – Programa Especial de Regularização Tributária. No final de 2017, foi realizado o primeiro lote, que envolveu 405 contribuintes com um total de R$ 1,6 bilhão em dívidas. Destes, aproximadamente a metade já regularizou as pendências e serão mantidos no PERT.

Para que o contribuinte possa usufruir dos benefícios do PERT – reduções de multas e juros, prazo de até 180 meses para pagamento da dívida e possibilidade de utilização de créditos diversos para quitar parte da dívida, dentre outros – é necessário que mantenha em dia as suas obrigações tributárias correntes vencidas após 30 de abril de 2017, conforme determina a Lei 13.496/17. A inadimplência por três meses consecutivos ou seis meses alternados implica a exclusão do devedor do PERT.

Em março a Receita fará o cancelamento da adesão/exclusão de todos os contribuintes cobrados até lá e que não se regularizarem. A partir daí, esses contribuintes deixarão de contar com os benefícios do PERT.

Para saber mais sobre a legislação do Pert clique aqui

Fonte: Spednews

Veja Também

Oito habilidades que você precisa ter se quiser se... Os funcionários dos sonhos das organizações têm mais habilidades em comum do que se imagina. Com base em sua experiência como consultor em grandes com...
Sped-NF-e: Divulgada Nota Técnica sobre Carta de C... A previsão para uso da CC-e é nos casos em que forem detectadas incorreções, após a concessão da Autorização de Uso da NF-e, em que o emitente poderá ...
Rebaixar a função e manter o nível salarial –... A legislação trabalhista engloba uma série de princípios de proteção ao trabalhador, este que é considerado, via de regra, como o hipossuficiente (o m...
Pequenos erros são os que mais levam contribuintes... Reta final para a declaração do Imposto de Renda exige cuidado dobrado Cair nas garras do Leão pode se tornar uma enorme dor de cabeça. E com tanta...
EMPRESÁRIOS JÁ ADOTAM TEMAS MENOS POLÊMICOS DA REF... Questões controversas ainda dividem magistrados e se tornam ‘tabus’ Quase um ano após entrar em vigência, nova lei impactou diversos pontos práticos ...
Regime que concede isenção de impostos ainda é pou... Para Luis Celso Sena, especializado em regimes aduaneiros especiais, o drawback é uma ferramenta poderosa, principalmente, para pequenas e médias empr...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta