As pessoas que declararam possuir grandes quantias em espécie serão intimadas pela Receita Federal em Florianópolis. Na operação, batizada pelo órgão como “Tio Patinhas”, o objetivo é combater fraudes na declaração do Imposto de Renda.

A ação surgiu porque um dado chamou a atenção da Receita Federal: em dezembro de 2016, o total de dinheiro disponível no Brasil, em espécie, era de R$ 232 bilhões. Na mesma data, as declarações dos contribuintes Pessoa Física mostravam que as pessoas tinham guardado em casa, em dinheiro, R$ 220 bilhões. Ou seja, 95% de todo o dinheiro disponível no País.

Sendo assim, a partir de agora, quem declarar possuir grandes quantias em espécie vai passar por um ‘pente-fino’ do órgão federal, para comprovar a origem e a existência desse dinheiro.

Cerca de 44 mil catarinenses, que declararam ter em espécie mais de R$ 100 mil, devem ser intimados pela Receita. Mais de 600 contribuintes declararam ter em casa mais de R$ 1 milhão, e essas pessoas terão que comprovar a existência de tal quantia ou retificar suas declarações.

Segundo o auditor da Receita Federal Rogério Penna, a maior preocupação é em relação à corrupção e à lavagem de dinheiro. A primeira fase da operação, que acontece em todo o Brasil, será deflagrada na próxima semana, quando os contribuintes começam a ser intimados.

Fonte: Jornal Contábil

Veja Também

É vedado efetuar desconto nos salários do empregad... O artigo 462 da CLT dispõe que: "Ao empregador é vedado efetuar desconto nos salários do empregado, salvo quando este resultar de adiantamentos, de...
eSocial revoluciona o RH A adesão ao novo sistema trará como consequência um departamento de Recursos Humanos mais dinâmico, graças à necessidade de repassar dados em tempo re...
Obrigatoriedade do CEST Através do Convênio ICMS 60/2017 foi mantido a obrigatoriedade de indicação do Código Especificador da Substituição Tributária (Cest) nos documentos f...
Distribuição de lucros aos sócios – Isenção de Imp... Os valores efetivamente pagos ou distribuídos ao titular ou sócio de ME ou de EPP optante pelo regime do Simples Nacional são isentos do Imposto de Re...
eSocial O Diretor Político Parlamentar da Fenacon, Valdir Pietrobon, esteve reunido com o coordenador geral do eSocial, Daniel Belmiro, para tratar de problem...
Os rumos da substituição tributária do ICMS Conforme amplamente divulgado pela mídia, o Supremo Tribunal Federal (STF) finalmente pôs termo a uma discussão que se arrastava há anos e que possui ...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta