As pessoas que declararam possuir grandes quantias em espécie serão intimadas pela Receita Federal em Florianópolis. Na operação, batizada pelo órgão como “Tio Patinhas”, o objetivo é combater fraudes na declaração do Imposto de Renda.

A ação surgiu porque um dado chamou a atenção da Receita Federal: em dezembro de 2016, o total de dinheiro disponível no Brasil, em espécie, era de R$ 232 bilhões. Na mesma data, as declarações dos contribuintes Pessoa Física mostravam que as pessoas tinham guardado em casa, em dinheiro, R$ 220 bilhões. Ou seja, 95% de todo o dinheiro disponível no País.

Sendo assim, a partir de agora, quem declarar possuir grandes quantias em espécie vai passar por um ‘pente-fino’ do órgão federal, para comprovar a origem e a existência desse dinheiro.

Cerca de 44 mil catarinenses, que declararam ter em espécie mais de R$ 100 mil, devem ser intimados pela Receita. Mais de 600 contribuintes declararam ter em casa mais de R$ 1 milhão, e essas pessoas terão que comprovar a existência de tal quantia ou retificar suas declarações.

Segundo o auditor da Receita Federal Rogério Penna, a maior preocupação é em relação à corrupção e à lavagem de dinheiro. A primeira fase da operação, que acontece em todo o Brasil, será deflagrada na próxima semana, quando os contribuintes começam a ser intimados.

Fonte: Jornal Contábil

Veja Também

Responsabilidade dos contadores pela emissão de DE... Para tanto, convém relembrar aos nobres colegas o teor da Resolução n.º 872, de 2000, do Conselho Federal de Contabilidade, com redação dada pela Reso...
Regra do INSS proíbe aposentado de acumular benefí... Voltar ao trabalho após se aposentar requer cuidados. Isso porque o segurado não pode acumular dois benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro S...
Boleto vencido pode ser quitado em qualquer banco Boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) começa a adotar, de forma escalonada, uma plataforma...
A procura pela franquia ideal Porém, ainda assim, não basta apenas investir em qualquer franquia. Acima da importância e peso da marca, para o negócio dar certo, a franqueadora dev...
Empresas eliminam erros e voltam ao Refis No caso, a Receita cobrou os juros moratórios do contribuinte desde o momento de origem do débito. "A empresa não estava mais em moratória e honrava s...
Comitê Gestor aprova resolução que regulamenta o p... transferidos para inscrição em dívida ativa estadual, distrital ou municipal, quando houver convênio com a PGFN nos termos do § 3º do art. 41 da LC 12...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta