As pessoas que declararam possuir grandes quantias em espécie serão intimadas pela Receita Federal em Florianópolis. Na operação, batizada pelo órgão como “Tio Patinhas”, o objetivo é combater fraudes na declaração do Imposto de Renda.

A ação surgiu porque um dado chamou a atenção da Receita Federal: em dezembro de 2016, o total de dinheiro disponível no Brasil, em espécie, era de R$ 232 bilhões. Na mesma data, as declarações dos contribuintes Pessoa Física mostravam que as pessoas tinham guardado em casa, em dinheiro, R$ 220 bilhões. Ou seja, 95% de todo o dinheiro disponível no País.

Sendo assim, a partir de agora, quem declarar possuir grandes quantias em espécie vai passar por um ‘pente-fino’ do órgão federal, para comprovar a origem e a existência desse dinheiro.

Cerca de 44 mil catarinenses, que declararam ter em espécie mais de R$ 100 mil, devem ser intimados pela Receita. Mais de 600 contribuintes declararam ter em casa mais de R$ 1 milhão, e essas pessoas terão que comprovar a existência de tal quantia ou retificar suas declarações.

Segundo o auditor da Receita Federal Rogério Penna, a maior preocupação é em relação à corrupção e à lavagem de dinheiro. A primeira fase da operação, que acontece em todo o Brasil, será deflagrada na próxima semana, quando os contribuintes começam a ser intimados.

Fonte: Jornal Contábil

Veja Também

Receita restringe regime especial de tributação à ... A Secretaria da Receita Federal esclareceu, por meio da Solução de Consulta Cosit nº 196/2015, que o Regime Especial de Tributação (RET) aplica-se exc...
Currículo tradicional vai sumir. Veja modelo que s... As transformações em curso no mercado de trabalho chegam – com certo atraso diriam recrutadores “moderninhos” – a um dos documentos mais tradicionais ...
EFD-REINF trará novos desafios para o departamento... O setor de departamento pessoal e recursos humanos das empresas brasileiras sofrerão impactos significativos já a partir de novembro de 2017 com a ent...
O impacto do eSocial sobre empresas e empregados A legislação vem tentando equilibrar as forças com leis trabalhistas que nem sempre cumprem o que propõem. Historicamente o empregado, principalmen...
Fiscalização não vai mais poupar micro e pequenas... A falta de cuidados pode acarretar grandes prejuízos afirma, e qualquer inconsistência na declaração, seja por erro administrativo ou por operação vic...
Contabilidade na família: saiba como preparar seu ... Assumir as ‘rédeas’ dos negócios da família nem sempre é uma questão fácil. O momento é marcado não apenas pelos aspectos legais, mas também pelos emo...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta