“Em termos históricos, movimentos de parcelamentos não resolvem os problemas. Os contribuintes aderem ao parcelamento [obtém a CND] e, por quaisquer outras razões, abandonam o parcelamento e acaba ocorrendo uma pressão por outro parcelamento. A Receita entende de forma institucional que esta sistemática não resolve o problema”, declarou Teixeira, da Receita Federal, a jornalistas.

No último Refis da Crise, os números oficiais mostram que apenas 36% das empresas que aderiram, em um primeiro momento, ainda permaneciam realizando os pagamentos normalmente em outubro de 2011. Na ocasião, a Receita fez duras críticas ao programa e avaliou que os parcelamentos especiais desestimulam o cumprimento das obrigações tributárias regularmente, pois explicou que, na visão das empresas, a cada três anos, surge um novo Refis. Isso, segundo ele, também gera concorrência desleal em relação às pessoas jurídicas que pagam normalmente seus tributos.

Nesta segunda-feira, o secretário-substituto da Receita Federal, Luiz Fernando Teixeira Nunes, adotou um tom mais ameno. Segundo ele, apesar de ser tecnicamente contra estes programas especiais de parcelamento, o Fisco é obrigado a se submeter às decisões do Congresso Nacional, da presidente da República e do ministro da Fazenda. “Demos as posição técnica da Receita Federal, mas a decisão política envolve outras variáveis macoreconômicas, como o cenário da economia e a dificuldade eventual de empresas do determinado setor”, declarou ele.

Fonte:G1

Veja Também

Receita Federal divulga Plano de Fiscalização para... De olho nas regras fiscais e no plano de fiscalização da Receita Federal, contribuinte trabalhe com quem entende e atende à legislação A Receita ...
Como me proteger ao financiar meu negócio? Um dos assuntos que mais geram insegurança para o microempreendedor brasileiro é a escolha da melhor forma de financiar seu negócio. Dois complicadore...
Como evitar fraudes no processo de pejotização Em um cenário em que as relações trabalhistas estão bastante deterioradas, uma das saídas encontradas por empresas e profissionais foi a transformaçã...
Vale a pena sonegar? Uma questão que deve ser pens... Prestar declaração falsa ou omiti-la do Fisco, omitir rendimentos ou operações em livros fiscais, alterar faturas ou notas fiscais, contabilizar despe...
Especialistas, pais e filhos dão dicas sobre empre... O rodízio pela empresa oferece ao jovem ainda a chance de descobrir se realmente gosta de trabalhar na administração do negócio familiar --e essa refl...
Governo de SP lança pacote de medidas fiscais em b... Em cerimônia realizada na última quarta-feira, 3 de maio, no Palácio dos Bandeirantes, o governador Geraldo Alckmin lançou uma série de medidas em ben...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta