Você sabia que se seu documento de identidade, o RG, tiver mais de 10 anos ele pode não ser aceito em serviços bancários e prejudicar, inclusive, a aquisição de um imóvel?

Embora a lei determine que essa identificação não tenha prazo de validade determinado no país, vários órgãos passaram a exigir data de emissão de até dez anospara combater fraudes.

Para fazer a “prova de vida” no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), os aposentados precisam apresentar nos bancos o RG com até dez anos de emissão. Cartórios também passaram a exigir a documentação atualizada, assim como os aeroportos de países do Mercosul, que permitem ao turista brasileiro viajar sem o passaporte, só com o RG.

Se você está nessa situação, com o RG prestes a vencer ou já vencido, fique atento! Evite problemas ou correria de última hora para providenciar a segunda via de sua identificação.

Em São Paulo, basta agendar uma visita ao Poupatempo e comparecer na data e horário escolhidos com a Certidão de Nascimento (se solteiro) ou de Casamento e uma foto 3×4. A taxa para a segunda via é de R$ 31,88.

O agendamento pode ser feito ainda pelo celular ou tablet com o aplicativo SP Serviços, pelo telefone 0800 772 3633 ou pelo site do Poupatempo. O Poupatempo oferece ainda um serviço de envio do RG pelos Correios.

Combate a fraudes

A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) confirma que as instituições financeiras, assim como vários órgãos oficiais, estão solicitando RG atualizado na comprovação de dados cadastrais. O objetivo, segundo a entidade, é evitar fraudes.

Na emissão de passaporte, a Polícia Federal pode recusar essa documentação se não estiver atualizada ou se o mau estado de conservação impossibilitar a identificação do requerente. O que diz a lei? A validade da Carteira de Identidade é indefinida, conforme a Lei nº 7.166, de 29 de agosto de 1983. Um projeto de lei complementar de 29 de agosto de 1983 apresentava a proposta de alteração dos arts. 1º e 7º da Lei nº 7.116.

Um dos objetivos era o de estabelecer validade de até dez anos para os documentos de identidade. No entanto, a proposição sofreu veto total. Com isso, a lei anterior continua valendo e as carteiras de identidade emitida pelos institutos de identificação dos estados continuam sem prazo de validade definido.

Com informações da Comunicação do Governo de São Paulo.

Fonte: http://www.msn.com/pt-br/noticias/curiosidades/seu-rg-j%C3%A1-tem-10-anos-ele-pode-n%C3%A3o-ser-mais-aceito-em-muitos-lugares/ar-AAdNxz4?li=AAaDxqs&ocid=mailsignoutmd

Veja Também

Whatsapp lança aplicativo para pequenas e médias e... O WhatsApp anunciou no dia 18, o lançamento do WhatsApp Business, um novo aplicativo voltado para pequenas e médias empresas. O app traz uma série de ...
6 lições de liderança da série Game of Thrones que... Especialistas citam momentos marcantes da série Game of Thrones e que são verdadeiras aulas sobre liderança dignas de um curso de MBA São Paulo – ...
A diferença entre Markup e Margem de Lucro Os conceitos de Markup e Margem de Lucro são muito importantes para qualquer empresa, e dominar tais conceitos pode ser um importante diferencial para...
Prazo para pequeno contribuinte termina dia 29 Pela Lei do Refis - nº 11.941, de 2009 -, este grupo inclui empresas que não optaram pelo pagamento à vista de débitos com a utilização de crédito...
Empresas adotam governança corporativa por causa d... O SPED e o IFRS possuem uma característica em comum que é a unificação das regras para um todo e obrigam as empresas a se adaptarem à nova realidade f...
Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica(NFC-e) O Coordenador da Administração Tributária, por meio do Portaria CAT n° 012/2015 (DOE de 05.02.2015), estabelece os procedimentos relativos ao credenci...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta