De acordo com a lei nº 12.685 de Ago/2007 se sua empresa for optante do Simples Nacional, tem direito resgatar crédito da Nota Fiscal Paulista. Seguem abaixo perguntas e respostas para melhor esclarecimento:

  • Quais empresas estão obrigadas a participar?

A participação no projeto da Nota Fiscal Paulista tornou-se obrigatória para os estabelecimentos comerciais localizados no Estado de São Paulo (independente do regime adotado ser o do Simples Nacional, RPA ou outros), e seguiu o cronograma de implantação estabelecido pela Secretaria da Fazenda conforme a atividade principal do estabelecimento.

  • Como faço para saber se o estabelecimento comercial é participante?

Os consumidores poderão consultar os estabelecimentos cadastrados acessando o portal da Nota Fiscal Paulista e clicando em “Estabelecimentos Cadastrados”.

  • Quem fará jus ao crédito?

Todas as pessoas físicas que possuam CPF, Entidades sem fins lucrativos (Assistência Social / Defesa e Proteção Animal / Educação / Saúde) devidamente cadastradas em suas respectivas Secretarias, condomínios edilícios e empresas optantes pelo regime do Simples Nacional podem se beneficiar dos créditos.

  • A partir de qual valor de compras no documento fiscal haverá crédito?

O documento fiscal poderá ter qualquer valor, entretanto o consumidor terá direito aos créditos proporcionais ao valor de suas compras.

  • Como proceder para obter créditos?

O consumidor deverá exigir, nos estabelecimentos comerciais participantes da Nota Fiscal Paulista, o documento fiscal no ato da compra, informando seu CPF ou CNPJ. Após os cálculos dos créditos, o consumidor deverá aguardar a liberação para utilização e selecionar uma das opções disponíveis no sistema.

  • Se o consumidor adquirir mercadoria em outro estado tem direito ao crédito?

Não. O direito ao crédito somente está previsto para aquisições ocorridas em estabelecimentos situados no Estado de São Paulo.

  • Como faço para consultar o meu saldo de créditos disponíveis? Como faço para consultar o meu saldo de créditos disponíveis?

Basta acessar o sistema da Nota Fiscal Paulista, mediante CPF e senha do usuário, clicar em “Conta Corrente” e, em seguida, “Consultar”.

  • Como faço para utilizar meus créditos e/ou prêmios?

Após acessar a opção “Consultar” do menu “Conta Corrente”, havendo créditos disponíveis superiores a R$ 25,00, o consumidor poderá utilizá-los. Para isso, deverá clicar em “Utilizar Créditos”.

Em seguida escolherá entre depositar seus créditos em sua conta corrente ou conta poupança.

A opção para abatimento do valor do IPVA é disponibilizada apenas durante o mês de Outubro e não é necessário possuir créditos disponíveis superiores a R$ 25,00.

Para informações detalhadas, consulte o Manual do Consumidor, através do endereço: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/manuais.shtm.

Fonte: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/perguntas.shtm

 

Veja Também

Casal pode partilhar bens sem separação É possível mudar o regime de bens do casamento, de comunhão parcial para separação total, e promover a partilha do patrimônio adquirido no regime anti...
Carnaval Não é Feriado Nacional Não há dispositivo na legislação federal, considerando qualquer dia das festas de Carnaval como feriado. Para que o dia de Carnaval seja declarado com...
Pequenas e médias empresas sob maior fiscalização... Quando o governo implantou o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), em janeiro de 2007, iniciou-se um processo de modernização da fiscalizaçã...
Veja como fazer a declaração de rendimentos do Emp... Como Célia, os empreendedores por conta própria que formalizaram suas atividades como Empreendedor Individual têm até o dia 29 deste mês de janeiro pa...
Fazenda irá descontinuar emissores gratuitos da No... A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo informa que a partir de janeiro de 2017 os aplicativos gratuitos para emissão da Nota Fiscal Eletrônica...
Multis brasileiras em desvantagem tributária O Brasil parece estar na contramão da maioria dos países quando o assunto é regime de tributação de empresas multinacionais. É um dos poucos no mundo ...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *