O empresário individual optante pelo SIMEI no ano-calendário anterior, deverá apresentar, até o último dia de maio de cada ano, à RFB, a Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI) que conterá tão somente:

I – a receita bruta total auferida relativa ao ano-calendário anterior;

II – a receita bruta total auferida relativa ao ano-calendário anterior, referente às atividades sujeitas ao ICMS;

III – informação referente à contratação de empregado, quando houver.

Portanto, em 2019, as informações relativas ao ano base de 2018 deverão ser prestadas até 31.05.2018.

Fonte: Boletimcontabil

Veja Também

Micros e pequenos sofrerão primeiros impactos com ... “Empresas grandes conseguem se programar e remanejar seus investimentos. Já para as menores, conseguir capital é mais difícil e sai bem mais caro”, af...
Holding: uma forma de economizar (e muito) nos imp... Que a carga tributária no Brasil é altíssima todo mundo está cansado de saber. Também é de conhecimento geral a baixa qualidade dos serviços públicos,...
Previdência começa a informar quem tem direito à r... São 131.161 os beneficiários que terão direito à revisão dos valores, cuja soma chega a quase R$ 1,7 bilhão, a serem pagos com correção para quem teve...
Prepare-se desde já para enfrentar o Leão De acordo com a especialista em Imposto de Renda (IR) da consultoria Fiscosoft, Juliana Ono, outro bom motivo para se antecipar é o fato de a legislaç...
Para trabalhar em casa Com a crise, cresce a procura por franquias que permitem ao investidor dar expediente na própria residência. Conheça as vantagens, os riscos e algumas...
Como a uberização está transformando as organizaçõ... Não faz nem cinco anos que o Uber chegou ao Brasil e a empresa praticamente remodelou a forma de fazer negócios no País. O aplicativo, que prometia fa...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta