A contabilidade é considerada imprescindível para o MEI que deseja despontar no mercado.

Instituído para estimular a formalização de empresas, o número de Microempreendedores Individuais (MEI) no Brasil só aumenta.

A legislação não exige que esta modalidade tenha contabilidaderegular e por isto, muitos microempreendedores ainda questionam a necessidade de se ter um contador cuidando de sua empresa.

A verdade é que uma empresa com a contabilidade bem-feita, com as obrigações fiscais e tributárias em dia e amparada pela assessoria de um contador tem muito mais chances de crescer e se desenvolver dentro do seu segmento de atuação, visto que a contabilidade influenciará seus aspectos administrativos, financeiros e comerciais.

É muito importante que empreendedor e contador mantenham uma relação de confiança e parceria. A intenção de todo empreendedor, ao decidir empreender, é expandir o seu negócio, faturar mais, ter mais lucratividade e se consolidar no mercado.

contador é o profissional que o orientará quanto a todos os procedimentos corretos para que sua empresa esteja segura perante o fisco, acompanhando o faturamento, as despesas e sinalizando a melhor hora de providenciar uma alteração contratual societária e/ou revisar o planejamento tributário. O contador é também o responsável por emitir vários relatórios sintéticos e analíticos que permitem a visualização de todos os registros da empresa de maneira concisa. Assim as tomadas de decisão podem se tornar mais precisas e rápidas, uma vez que todas as informações estarão centralizadas.

Para que a empresa tenha condições de crescer saudável, o ideal é contratar um contador antes mesmo de o projeto de empreender sair do papel, porque já no início, o contador tem condições de apontar quais são as melhores alternativas para seu negócio, ajudando a perceber a razão de todos os trâmites necessários, pois este profissional já tem uma visão do futuro, gestão, legalização, planejamento.

Em outros termos, a contabilidade anda lado a lado com o plano de negócios e é considerada imprescindível para o MEI que deseja despontar no mercado.

Fonte: contabeis.com.br


Veja Também

Os 4 piores erros na contratação de funcionários... Contratar a pessoa certa sai caro, mas escolher o profissional errado é ainda mais custoso Contratar um funcionário é sempre um risco – na hora da en...
O Empregado Pode se Recusar a Assinar o Aviso Prév... A legislação trabalhista estabelece, por meio do art. 468 da CLT, que só é lícita a alteração das condições nos contratos individuais de trabalho, p...
A fórmula de sucesso do empreendedor em cinco pass... Em 2016, ultrapassamos a marca de 12 milhões de desempregados e isso desencadeia um número impactante na abertura de microempresas O ano começa e...
Big Brother fiscal A arrecadação de impostos no Brasil é algo vergonhoso. Acaba com a indústria e o comércio e torna o Poder Público o maior vilão do crescimento econômi...
Por que tanta gente não consegue relaxar no fim de... Eles encerram o expediente na noite de sexta-feira, mas continuam mandando e-mails até a madrugada. Eles atendem o telefone na hora de folga ou perdem...
O seguro-desemprego faz mal para o empreendedorism... São Paulo - Um estudo recente avalia o impacto da legislação francesa que garante o seguro-desemprego a novos empreendedores, e descobriu que esse pro...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta