E você? Gostou do projeto da Reforma tributária apresentada pelo governo? Nós da Jota Contábil não gostamos. Sabe por quê? Porque é capenga e ainda aumentará a carga tributária de muitos negócios! Isso se o governo não reduzir qualquer outro imposto, o que sinceramente, não acreditamos!

Alguns especialistas tributários dizem que a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços) que unificará o Pis e Cofins é um IVA (Imposto sobre valor agregado) e por isso todos terão benefícios, inclusive as empresas prestadoras de serviços.

OK, todas as empresas terão créditos, até as do lucro presumido. Mas olha esses exemplos abaixo:

Margem agregada na venda/serviço30%40%50%60%
Nova carga tributária com a CBS proposta de 12%3,60%4,80%6,00%7,20%

Se compararmos com a alíquota de 3,65% atuais do lucro presumido para o Pis/Cofins, a carga tributária só não aumentará se sua margem no preço de venda for inferior a 30%! E lembre-se: estamos falando aqui somente do Pis e Cofins, o restante se mantém tudo como está, pelo menos em 2021 se essa reforma passar em 2020!

E sabe porquê esse projeto é capenga? Porque não inclui o ICMS e o ISS que são os impostos que mais geram guerra fiscal em nosso país e que precisam urgentemente serem reformados.

Estamos na torcida para que esse projeto seja revisto e o empreendedor brasileiro tenha um ambiente tributário mais justo e seguro para se trabalhar.

Equipe Jota Contábil

Veja Também

4 formas de se preparar para futuras épocas de vac... Todo empreendedor passa por diversos altos e baixos durante sua jornada empresarial. Um dos principais é ter épocas de vacas magras, não só porque é a...
Cuidados para não cair na malha fina Ele reforça que a Receita Federal do Brasil é uma das mais informatizadas do mundo, portanto, preparada para fazer cruzamentos de declarações. "Por is...
O mercado está nervoso. Qual é a melhor estratégia... Renda fixa oferece boa rentabilidade, mas diversificar é necessário Brasil perde grau de investimento, a taxa básica de juros está muito alta, ...
Mudam regras para fiscalização da NR 12 Empresas terão prazo para adequarem máquinas e equipamentos antes de serem autuados Uma mudança publicada no Diário Oficial da União na quinta-fe...
DEVO CONTRIBUIR PARA O INSS COM 5%, 11% OU 20%? Entenda de forma simples qual a melhor quantia para contribuir ao INSS Mesmo que não exerça atividade profissional remunerada, todo cidadão brasil...
Prazo para adoção da Nota Fiscal Eletrônica 2.0 é ... O download é gratuito para os contribuintes que utilizam o programa emissor disponibilizado pela Secretaria da Fazenda, que pode ser obtido no site ww...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta