Em nosso escritório e nas reuniões com os clientes, falamos muito do Esocial e das mudanças para a vida das empresas e dos profissionais da área. Em meio a isso, circulou uma imagem dos 10 mandamentos para o RH, para o Departamento Pessoal, com isso me inspirei a fazer os 10 mandamentos para os empresários.

Aprendi os 10 mandamentos com o Catecismo Menor de Martim Lutero, então vou fazer semelhante ao que aprendi em meu ensino confirmatório.

Preparados ? Vamos lá!

Primeiro Mandamento:

Ouvirás o senhor teu contador.

O que significa isso?

Devemos ouvir e fazer as coisas que o contador está pedindo porque os tempos estão mudando! O eSocial irá transmitir uma série de informações da sua empresa, da sua folha de pagamento, da forma que você procede com seus empregados.

Segundo Mandamento:

Não farás admissões retroativas.

O que significa isso?

Devemos nos antecipar nos processos de admissão, pois a informação no eSocial deve ser feita um dia antes do empregado começar a trabalhar. Não existe informação de admissão retroativa no eSocial. O empregado começa a trabalhar amanhã, a informação precisa ser transmitida ontem.

Terceiro Mandamento:

Santificarás os intervalos e repousos entre as jornadas de trabalho

O que significa isso?

Devemos tomar cuidado com o excesso de horas de trabalho. Os empregados precisam ter os intervalos dentro da jornada de trabalho e entre as jornadas de trabalho. No eSocial será informado o horário de trabalho de cada empregado e a quantidade mensal de horas extras realizadas, o que chamará atenção do Ministério do Trabalho

Assista estes dois vídeos do TST:

4 coisas sobre a Jornada de Trabalho

Existe um tempo mínimo de descanso de um dia para outro no trabalho?

Quarto Mandamento:

Honrarás as funções definidas para teus trabalhadores

O que significa isso?

Devemos tomar cuidado com as funções indicadas para cada trabalhador. Cada função recebe um código que se chama CBO – Classificação Brasileira de Ocupações. Não podemos ficar trocando o empregado de atividade sem fazer a comunicação da alteração de função deste empregado. Além disso, cada troca de função deve ser comunicada a empresa de Medicina e Segurança no Trabalho.

Quinto Mandamento:

Não matarás, nem rasurarás o controle do ponto

O que significa isso?

Devemos ter cuidado com o controle de horário dos nossos empregados. É aconselhável que toda empresa defina uma forma de controle da jornada de trabalho dos seus empregados, ele pode ser manual, mecânico ou através dos relógios eletrônicos.

O controle da jornada deve ser aproveitável, ou seja, deve espelhar aquilo que está sendo pago para o empregado.

O controle de jornada de trabalho deve ser assinado pelo empregado e não pode haver rasuras e/ou borrões.

Sexto Mandamento:

Não esquecerás das orientações das empresas de medicina e segurança do trabalho.

O que significa isso?

Devemos contratar empresas de Segurança e Medicina do Trabalho para desenvolver o nosso PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) e nosso PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais). Devemos seguir as orientações destes profissionais e fornecer os Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva adequados aos nossos empregados. Devemos cuidar do nosso ambiente de trabalho e de nossos equipamentos para que eles não sejam prejudiciais à saúde do nosso trabalhador.

Não existe transmissão do eSocial a partir da última fase (janeiro de 2019) sem a contratação de empresas de Medicina e Segurança no Trabalho.

Sétimo Mandamento:

Avisarás com antecedência sobre as férias dos teus empregados.

O que significa isso?

Devemos informar no eSocial o início das férias e o término das férias de cada um dos seus empregados, bem como a sua data de pagamento que deve ocorrer dois dias antes do empregado entrar em férias.

Vide vídeo do TST sobre férias.

Oitavo Mandamento:

Não darás permissão para teu empregado começar a trabalhar sem que a documentação e exames estejam completos.

O que significa isso?

Devemos respeitar todo o processo de admissão, primeiro deve ser feita a qualificação cadastral do empregado, após os exames médicos, daí ocorre a Emissão do Atestado de Saúde Ocupacional (ASO), dizendo se o empregado está apto ou não para o trabalho naquela função indicada.

Se o empregado está apto, devem ser encaminhados os documentos de admissão, daí o escritório fará o envio da admissão para o eSocial, após a entrega do evento no  eSocial é que o empregado começa a trabalhar.

Nono Mandamento:

Farás a qualificação cadastral do teu empregado antes dele começar a trabalhar.

 O que significa isso?

Devemos fazer a qualificação cadastral do empregado antes dele começar a trabalhar, pois se ele tiver problemas cadastrais em seu CPF ou PIS não conseguiremos enviar o evento de admissão e ele não poderá trabalhar.

Aconselhamos que a qualificação cadastral seja feita antes mesmo dos exames admissionais.

Décimo Mandamento:

Não cobices ter empregados sem registro, temas a fiscalização do Ministério do Trabalho.

 O que significa isso?

Devemos registrar todos os empregados antes que eles comecem a trabalhar. Se sua empresa for surpreendida pela fiscalização do Ministério do Trabalho não servirá a “mentirinha” que o empregado começou a trabalhar naquele dia, pois a admissão precisa ser feita um dia antes.

Devemos temer a fiscalização do Ministério do Trabalho, pois as multas para empregados sem registro são muito altas:

R$ 800,00 por empregado para empresas optantes do Simples Nacional

R$ 3.000,00 por empregado para empresas não optantes do Simples Nacional.

Devemos temer a fiscalização do Ministério do Trabalho e Ministério Público do Trabalho.  Veja como estão autuando as empresas irregulares – clique aqui

Fonte: fenacon.org.br

Veja Também

4 estratégias para vender melhor e vencer a crise No clássico filme Campo dos Sonhos, o protagonista recebe a inspiração de uma voz imaginária: “se você construir, eles virão”. Esta frase ficou famosa...
Quais as Vantagens e Desvantagens do Lucro Real? No Lucro Real, a tributação Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) – e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), se dá mediante a apuração...
Governo paulista institui Programa de Parcelamento... Débito de ICMS em SP poderá ser liquidado através do PEP  Governo paulista institui PEP, que permite liquidação de débitos de ICMS em até 60 ...
Consumidor pode cancelar serviços de teles automat... http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2014/07/1482102-consumidor-pode-cancelar-servicos-de-teles-automaticamente-a-partir-de-hoje.shtml
Falta de plano de negócios fecha 60% das micro e p... Consultor do Sebrae diz que planejamento de longo prazo reduz chances de problemas Traçar o planejamento do negócio é essencial para a sobrevivência ...
Notas fiscais inidôneas: como evitar autos de infr... Segundo dispõe o artigo 59 do RICMS/SP, o direito de crédito do imposto decorrente de mercadoria entrada ou prestação de serviço recebida é condicion...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta