Há diversos motivos para o indeferimento do pedido de Radar.

Sandro Schulle

Eu tive diversas informações de empresas que me procuraram para resolver os problemas com o Radar negado. É importante saber que empresas de todos os portes podem efetuar o pedido de Radar, porém, há detalhes que farão com que certas solicitações sejam negadas por não serem compatíveis com as condições exigidas pela Receita Federal.

Há diversos motivos para o indeferimento do pedido de Radar. Abaixo listei os principais e algumas soluções para resolver estas pendências, e assim, encaixar-se nas exigências estabelecidas. Acompanhe:

Fatores para o indeferimento: 

– Empresa registrada em local residencial;

– Inexistência de contrato de locação ou de titularidade do imóvel de localização da empresa;

– Falta de capacidade financeira;

– Pendências de pagamentos de impostos;

– Atividade da empresa incompatível com a operação de importação;

– Pendências relativas ao CPF do representante legal;

– Representante legal apresentado na documentação não está no contrato social.

Checklist

Para evitar transtornos ou atrasos no pedido do Radar recomendamos que a empresa siga o checklist abaixo;

1-      A empresa está localizada em local próprio com possibilidade de acesso das autoridades competentes para fins de fiscalização?

2-      A empresa temos documentos de propriedade do imóvel de localização da empresa ou contrato de aluguel formalizado?

3-      O representante legal, apresentado na documentação, está no contrato social?

4-      Os impostos estão em dia?

5-      A atividade da empresa é compatível com a operação de importação?

6-      O representante legal mencionado na documentação no Radar está com a situação cadastral normalizada?

7-      O capital social mencionado no contrato social está de acordo com o porte da empresa?

Link: http://www.administradores.com.br/artigos/carreira/meu-pedido-de-radar-foi-negado-e-agora-o-que-faco/89700/

Fonte: Administradores

Veja Também

Como definir a remuneração de cada sócio em um neg... Em muitos casos, o que ocorre é a simples divisão do dinheiro que sobra por mês entre os parceiros Misturar as contas da pessoa física com as ...
Benefícios personalizados podem atrair e reter tal... — Percebemos que alguns não usufruíam de todos benefícios que oferecíamos. Então, a partir de julho, passamos a oferecer a eles a possibilidade de apr...
Receita Federal transforma eSocial em Big Brother Embora desgastada, a expressão “Big Brother” resume bem o que o eSocial significa para o governo em termos de controle de informações na relação entre...
Sócio tem direito a se retirar e receber por sua p... Douglas Saporito* e Lucas Garcia de Moura Gavião** O sócio tem direito a se retirar de uma sociedade comercial e, por consequência, a receber desta...
Gestão tributária reforça a conta da competitivida... Com o sistema Sped, segundo a especialista, o governo mandou claramente a seguinte mensagem: "Não importa quem você é nesse cenário, o importante é de...
Recebimentos em dinheiro deverão ser declarados à ... A partir de 1º de Janeiro de 2018, a pessoa jurídica ou física que receber em espécie valores iguais ou superiores a R$ 30mil, terão a obrigatoriedade...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta