Porém, ainda assim, não basta apenas investir em qualquer franquia. Acima da importância e peso da marca, para o negócio dar certo, a franqueadora deve ter uma boa relação com seus franqueados, afinal muitos dos que entram nesse ramo não tem experiência.

O diretor executivo da Yes Rent a Car Franchising, Raimundo Teixeira, conta que o importante é o proprietário da franquia ver a franqueadora como um aliado, e de fato esta ser. “Além da marca, know how e orientações para manter a rentabilidade do negócio, a franchising deve, acima de tudo, ser parceira do franqueado, pois o crescimento de cada uma das franquias é o fortalecimento da rede”, aponta o diretor.

Um fator que prejudica muitos dos empresários é que algumas franqueadoras, além das franquias, também têm unidades próprias e favorecem escolhas de investimento e localização em benefício próprio, prejudicando aqueles que optaram por investir em determinada marca. A rede de franquias da Yes Aluguel de Carros, por exemplo, foi criada com o intuito de não cometer esses erros das grandes franqueadoras. Os sócios resolveram montar uma empresa que só teria franquias, em que os próprios donos, se quisessem entrar no mercado, teriam de abrir franquias e passar por todo o processo, assim como os outros franqueados, evitando, dessa forma, concorrência desleal.

Um dos melhores fatores de optar por uma franquia, além de todo o apoio prestado, é que é possível escolher o tipo de franquia que mais gosta. Afinal, o ramo ideal para cada um também pesa para o sucesso da franquia. A paixão e aptidão pelo nicho que escolher são importantes para motivar a administração do negócio. Ainda assim, a seleção de uma franquia não é uma tarefa fácil. São muitos os segmentos. Cada franqueado pode escolher entre o setor automotivo, alimentício, de vestuário, cosméticos, saúde, educação, etc.

Após definir o ramo para investir é importante verificar o capital disponível e encontrar a melhor solução dentro do padrão viável. Algumas requerem alto investimento, mas, em consequência, o retorno também é alto e em tempo consideravelmente bom. No caso da Yes Aluguel de Carros, o investimento inicial é de aproximadamente R$ 300 mil e o retorno varia entre 24 e 36 meses. Há muitas opções baratas que vêm ganhando todo o país e mostrando que, além de caberem no bolso, ainda apresentam grande potencial de lucro e crescimento. Teixeira confirma que o setor de franchising vem conquistando adeptos e que é uma ótima opção para aqueles que não se sentem seguros de arriscar sozinhos, pois garantem, assim, suporte para o negócio. “É importante avaliar análises dos demonstrativos de resultados e balanços da empresa, além de conversar e tirar todas as dúvidas com o responsável pelo franchising da rede interessada”, completa.

Fonte: Revista Incorporativa

Veja Também

COM ADESÃO OBRIGATÓRIA EM NOVEMBRO, SAIBA O QUE MU... Todas as empresas, inclusive as micro e pequenas, deverão enviar informações ao governo referentes aos trabalhadores que empregam e as relações de tra...
Lei garante à gestante afastamento do trabalho pre... A Presidência da República sancionou a Lei 14.151, que garante regime de teletrabalho às trabalhadoras gestantes durante a pandemia de covi...
Débitos impedem entrada de empresas no Simples Nac... Na avaliação do gerente de políticas públicas do Sebrae, Bruno Quick, o problema evidencia as dificuldades vividas pelas micro e pequenas empresas, ag...
As lições da pandemia que ficam para o comércio em... Depois de enfrentar uma pandemia mundial, sem perspectivas de término, quais são as lições de 2020 que ficam para 2021? A pergunta foi feita para ...
Os equívocos da Receita Federal sobre o Simples A respeito da nota divulgada pela Receita Federal nesta segunda (24) sobre o Projeto de Lei Complementar nº 25/2007, que amplia o Simples Nacional, cu...
Receita Federal lança canal de atendimento no Tele... Cidadão poderá atualizar os dados, pedir segunda vida do documento, entre outros serviços. A Receita Federal informou que, a partir dest...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta