O Plano de negócio é muito importante e ajuda muito as pessoas a se prepararem para entrar em um mercado novo ou com muitos concorrentes. Vale ressaltar que o plano de negocio não é garantia de sucesso, mas é a melhor direção que um empreendedor pode utilizar para se guiar.

Muitas das vezes empresas que tendem a serem má sucedidas são empresas de pequeno porte com má administração dos processos, como por exemplo, pequenas lojas de informática; muitas pessoas devem acreditar que basta comprar alguns mouses e alguns pen drives e já é o bastante para começar um negócio. Quando você entra em uma loja dessas normalmente não encontra o que procura, os preços são muito caros, e a forma de pagamento normalmente não ajuda. Antes de criar uma empresa dessas, por que não analisar melhor o mercado? Será que meus produtos atendem as necessidades dos meus clientes? Será que minha política de preços é adequada ao mercado e justa com os clientes? Será que as formas de pagamentos que eu utilizo atende as condições de meus possíveis clientes? Será que é somente comprar produtos e começar a vender, ou tem obrigações legais a cumprir?

Um negócio de sucesso nos dias de hoje depende exclusivamente de como a empresa enxerga seus clientes. Quaisquer coisas que desagrade um cliente é motivo suficiente para ele buscar o concorrente, nem que ele pague mais caro, mas o cliente prefere em determinadas situações pagar mais e ser bem atendido do que ser atendido por uma empresa que não o enxergar como cliente potencial.

Ser empreendedor é ser inovador, é saber aproveitar as oportunidades do mercado, mas também é ser prudente e analisar todos os pontos positivos e negativos de se criar determinado negócio, para que assim, evitar se tornar apenas mais uma estatística de empresas que não obtiveram sucessos.

Fonte: Administradores.com.br

Veja Também

Complexidade da ECF deve gerar dor de cabeça aos e... odas as empresas, associações e igrejas, exceto as enquadradas no Simples Nacional, deverão entregar a Escrituração Contábil Fiscal – ECF até o dia 30...
Simples Nacional e suas alterações para 2018 Falar de simples nacional para as empresas no geral remete a imaginar em um primeiro momento que este é um regime de tributação especial e simplificad...
Expectativas positivas com o novo Supersimples Pela nova lei, o limite de enquadramento no regime simplificado de tributação sobe de R$ 240 mil para R$ 360 mil, no caso das microempresas, e de R$ 2...
Empresas Poderão Optar pela Desoneração da Folha... As empresas sujeitas à CPRB – Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta, poderão, a partir de 01.12.2015, optar ou não por este regime tributá...
Definição de Pró-Labore e a tributação pelo INSS... Pró-labore é o valor pago aos sócios, dirigentes e administradores pelo trabalho realizado na empresa. O Pro Labore é tributado e tratado da mesma fo...
Cerco da Receita Federal deve aumentar em 2014 com... Ao mesmo tempo, Duarte entende, com base em argumentações do próprio fisco, que há pressa para a entrada em vigor do eSocial por conta das eleições, j...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *