A liderança não é predestinação, dizem especialistas. Ela pode ser desenvolvida, o que é bom para empresa e empregados

Diferentemente do que se possa imaginar, ninguém “nasce sendo líder”. Exercer a liderança não tem a ver com dádiva ou destino. Seja pessoal ou profissionalmente, é possível se tornar um líder pelo treinamento de habilidades, conhecimentos e competências.

“A liderança não é genética, não passa de pai para filho. Pode ser aprendida e desenvolvida”, é o que explica Denise Costa, professora da pós-graduação em Psicologia Organizacional da Fanor | DeVry. “Não se deve falar em instinto de liderança, mas em habilidade de liderança, uma vez que o instinto é algo inconsciente e inato, e a liderança pode ser desenvolvida”, completa.

Empatia, visão de futuro, carisma, capacidade de persuasão e inteligência emocional são algumas das características gerais de um líder, que podem ser trabalhadas na vida pessoal ou corporativamente. “O que diferencia uma empresa da outra é o tipo de liderança que ela tem. Treinar os colaboradores agrega novas ideias à empresa. Aquelas que têm programas de treinamento acabam saindo na frente”, destaca o doutor em Psicologia do Trabalho e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Caubi Tupinambá.

Segundo ele, é necessário esforço conjunto entre empresa e empregados para que os líderes tenham oportunidade de pôr em prática suas competências. “A liderança é uma característica que precisa de ambiente favorável para ser desenvolvida. Se a pessoa tem potencial, mas as tentativas são frustradas pelos superiores, ela deixa de querer realizá-las para se adaptar ao ambiente. Se, pelo contrário, a pessoa não tem noção sobre liderança e encontra muitas oportunidades, a habilidade é desenvolvida”.

Novas ideias

Caubi Tupinambá afirma que a empresa deve oferecer oportunidade para que novos líderes surjam, pois concentrar os poderes de gestão em uma ou poucas pessoas pode criar um ambiente de autoritarismo. Os colaboradores não devem ser vistos como competidores ou como ameaças que retirarão os chefes de seus respectivos cargos.

Pelo contrário, a capacitação, além de proporcionar a emergência de novos líderes – que podem ou não substituir os gestores no futuro -, também previne que a empresa seja prejudicada com a má gestão de quem ocupa postos de liderança.

O master coach Marcos Tito alerta que, quando uma equipe de trabalho não é bem gerida, os resultados acabam sendo ineficientes. “É possível que, consciente ou inconscientemente, a equipe produza resultados abaixo do esperado devido à antipatia com o líder. Isso é uma forma de mostrar para os superiores que aquela gestão não está funcionando”, afirma.

Características de um líder

1. Ser capaz de definir e cumprir objetivos e metas;

2. Ter empatia (saber colocar-se no local do outro) e ser inspirador (dar o exemplo);
3. Ter versatilidade e flexibilidade;

4. Saber usar a autoridade, saber delegar, saber dar e receber feedback;
5. Saber comunicar-se e ser automotivado;

6. Ter capacidade de persuasão;
7. Manter-se atualizado;

8. Ter carisma, seguidores;
9. Ter visão de futuro e capacidade de antecipar soluções para os problemas;

10. Buscar sempre novos conhecimentos e aprendizados

Como formar-se para a liderança

De acordo com Denise Costa, pessoas com talento para liderar podem alcançar maior sucesso profissional, pois são capazes de motivar e coordenar outras pessoas.

Embora certas pessoas, desde a infância, apresentem componentes de caráter que indicam liderança, mesmo quem não apresenta estes traços pode se tornar líder por meio do desenvolvimento de algumas habilidades:

1. Estudar, ler livros de liderança, fazer cursos de liderança;

2. “Modelar” líderes, usando o exemplo do outro para ter resultados parecidos, criando, pouco a pouco, o seu próprio estilo de liderar;

3. Evitar a inflexibilidade, o egoísmo, a limitação mental. “Achar que sabe tudo”, ser intransigente e impositivo e não ouvir o outro são atitudes incompatíveis com a habilidade de ser líder;

4. Buscar o nicho ou ambiente favorável onde as competências possam ser melhor trabalhadas, onde os talentos possam ser colocados em prática.

Fonte:http://www.opovo.com.br/

Veja Também

Começa campanha para renegociar dívida do simples... Durante o evento, será possível regularizar débitos não só com a Receita, mas também com bancos e fornecedores Cerca de 600 mil empresas optantes p...
MEI não se aposenta por tempo de contribuição Desde que a reforma previdenciária foi anunciada, todas as categorias de trabalhadores dispararam em busca do direito à sua aposentadoria, razão pela ...
Prazo para quitar ou parcelar débitos do ICMS/SP t... http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2014/06/1468644-prazo-para-quitar-ou-parcelar-debitos-do-icmssp-termina-neste-mes.shtml
Pessoa jurídica x pessoa física: o que é mais vant... “Mas é preciso tomar cuidado, pois só podem ser consideradas despesas profissionais aquelas relacionadas com o exercício de sua profissão e que esteja...
NF-e 2.0 é obrigatória à partir de 01/04/2011 O especialista acrescenta que, entre as principais mudanças desse modelo, está uma adequação que permite registrar as operações praticadas pelos contr...
Novos direitos dos empregados domésticos já estão ... Direitos já garantidos Novos direitos Direitos que dependem de Regulamentação Salário mínimo/ Regional ...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta