Antecipar o pagamento das dívidas é uma ótima oportunidade para acelerar a renovação do crédito ou tornar as prestações mais suaves

Conseguir empréstimo ou financiamento é uma alternativa positiva adotada por muitas empresas para melhorar suas atividades e crescer no mercado. O que poucas sabem é como renegociar dívidas com amortização. Caso tenha dinheiro, antecipar o pagamento das dívidas é uma ótima oportunidade para acelerar a renovação do crédito ou tornar as prestações mais suaves.

Porém, é importante não se precipitar em pagar esses valores ao renegociar dívidas, pois esse é um ótimo momento para estudar aspectos de seu contrato e negociar com o seu gerente alguns benefícios.

Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), te explica o que é amortização e porque utilizar esse método durante uma negociação. Confira a seguir:

O que é a amortização de dívidas?

A amortização de dívidas é o pagamento feito periodicamente e de forma planejada, com o objetivo de extingui-las. Outros termos bastante comuns quando falamos de negociação de dívidas são:

  • prestação: valor efetivo que será pago em cada período;
  • juros: remuneração que é cobrada ao se emprestar capital;
  • montante: soma do capital que foi emprestado mais os juros, ou seja, o valor total da dívida.

Ressalta-se que existem duas formas de juros. A primeira é a incidente sobre o valor contratado; a segunda devido ao atraso de alguma parcela. Aqui vamos abordar a primeira definição. O boleto pago mensalmente contém o total, incluindo o valor da amortização e os juros.

Por que renegociar dívidas com amortização?

Adiantar o pagamento de parcelas de empréstimos ou financiamentos evita que a empresa pague juros desnecessários e dá mais rapidez à renovação do crédito, sendo uma excelente oportunidade para renegociar dívidas.

Ao antecipar o pagamento, você pode escolher reduzir o número de prestações ou o valor delas. Quando se opta pela redução no número de parcelas, protege-se a empresa das oscilações da taxa de juros da economia. Quando a alternativa é a diminuição do valor, evita-se que o caixa fique sobrecarregado.

Além disso, renegociando dívidas da sua empresa com amortização, é possível verificar com o seu gerente a possibilidade de redução da taxa de juros, aumento do prazo e mudança no sistema de amortização.

Lembre-se de verificar em outros bancos a existência de melhores benefícios, já que você conta com a portabilidade a seu favor. Ou seja, caso seja mais vantajoso, é possível migrar o seu débito para outra instituição.

Quais são os sistemas de amortização de crédito?

Para ter uma melhor argumentação ao renegociar dívidas, você precisa saber que nosso sistema financeiro possui diferentes formas de amortização.

Ao contratar um empréstimo ou financiamento, além de valores e percentuais de juros e taxas, o contrato deverá informar qual é o sistema que será praticado. Conhecê-los é essencial para renegociar dívidas com amortização.

Os sistemas mais comuns no atual sistema financeiro são: Sistema de Amortização Constante (SAC), Sistema Price e Sistema de Amortização Crescente (SACRE). Saiba mais informações sobre esses sistemas no blog do NAC.

Ainda ficou com alguma dúvida? O NAC pode ajudar. Compartilhe as necessidades do seu negócio e receba o indicativo das linhas de crédito mais adequadas para a sua empresa.

Texto: Blog do Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC)
Edição: Giovanna Chmurzynski
Por Agência CNI de Notícias

Veja Também

Governo quer padronizar abertura de empresa "Queremos estimular a padronização dos procedimentos para a abertura de empresas, pois, hoje, cada cidade tem as suas próprias regras", diz o diretor ...
Cuidados para não cair na malha fina Ele reforça que a Receita Federal do Brasil é uma das mais informatizadas do mundo, portanto, preparada para fazer cruzamentos de declarações. "Por is...
Estado vai devolver crédito integral de ICMS na co... Diferentemente do que ocorre com o antigo ECF (Emissor de Cupom Fiscal), com o SAT, os varejistas não precisam instalar um equipamento por caixa regis...
Vá com calma: questionar superiores é possível, ma... Questionar esses comportamentos é mais delicado, tendo em vista que dificilmente é possível constatar na prática os prejuízos dessas ações. “Além diss...
Veja quando a empresa erra com o funcionário “Anotações erradas são responsáveis por 50% das reclamações. A carteira deve conter todo o histórico do trabalhador. Existem prazos para fazer as anot...
Registro de ponto por exceção: uma mudança de comp... A Lei da Liberdade Econômica, sancionada há quatro meses, trouxe mudanças na área trabalhista que ainda terão impactos no comportamento das empresas ...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta