Técnica é usada para aliviar sintomas de ansiedade e aumentar foco

Há três anos, Gabriel Lopes não sabia dizer o que havia de errado com ele. Como CEO  da Artist Factory, empresa especializada no gerenciamento de carreiras de artistas, entre eles o DJ Alok, o empresário era visto como bem-sucedido, mas não se sentia feliz.  “Eu já havia conquistado o sucesso financeiro, mas isso não era tudo. Algo não ia bem quando eu encostava a cabeça no travesseiro”, disse. Foi nessa época, depois de um retiro, que teve o primeiro contato com a meditação. Ele incluiu a prática em sua rotina e, alguns meses depois, experimentou os primeiros sinais de melhora: bem-estar associado a um desempenho mais elevado.

Os benefícios que a técnica pode proporcionar para profissionais de alta performance têm se provado consistentes e sua adoção, por empresas e executivos, vem aumentando. Em dezembro passado, o Google construiu dez salas voltadas para meditação em seus escritórios na Califórnia, Estados Unidos.  No Brasil, a prática está sendo oferecida como benefício aos colaboradores de empresas como Vivo e OLX. 

No caso de Gabriel Lopes, quem estava por trás desse processo era o especialista em meditação Giuliano Milan.  Entre os seus clientes estão, além de empresários, atletas como o nadador Thiago Pereira e o jogador de vôlei Bruninho. Segundo ele, as vantagens da técnica para a vida profissional incluem uma melhor performance do cérebro, aumentando o foco, diminuindo a ansiedade e facilitando a tomada de decisões.  “A meditação não precisa estar ligada à espiritualidade. Pode ser usada apenas como otimizadora do cérebro e das suas funções”, diz Milan.

Na prática, o especialista recomenda técnicas que envolvem o controle da respiração, o relaxamento físico e a visualização da rotina, estimulando um estado mental de tranquilidade. A partir disso, ele foca nas necessidades dos clientes para promover uma experiência mais assertiva. Com isso, o objetivo é que os profissionais consigam aumentar o seu rendimento no trabalho sem perder o equilíbrio e a qualidade de vida. “É possível render mais e manter sua saúde mental em dia”.

Logo no início da pandemia, com o cancelamento de eventos, Gabriel Lopes teve a oportunidade de, mais do que nunca, usufruir dos efeitos da técnica. Ele conta que conseguiu evitar picos de estresse e ansiedade causados pela incerteza nos seus negócios. “Agora, com a retomada, muitos shows acabaram acontecendo ao mesmo tempo. Meditei para resolver esse quebra-cabeça de remarcações e percebi que as soluções começaram a aparecer de maneira mais clara”, conta. Efeito semelhante ao sentido por Carolina Loyo, head de marketing da Samsung Brasil, que procurou a mentoria de Giuliano para incorporá-la em seu dia a dia. Hoje, ela considera a prática indispensável em seu trabalho.  “Aplico as técnicas de respiração ao longo de todo o dia e principalmente em semanas de muitas reuniões. Elas me mantêm mais equilibrada”.

Benefícios se estendem para o campo da psicologia

Dentro da Medicina, a meditação entra como aliada para aliviar sintomas de ansiedade e estresse. A psicóloga Melisa Honora explica que a principal vantagem da  técnica consiste na possibilidade de usá-la em qualquer lugar e ocasião. “Se você começa a experimentar os sintomas de nervosismo antes de uma apresentação, é possível controlar-se ali mesmo, sem sair da sala”, diz. Já sob a perspectiva da  biologia humana, ela explica que esse estado de observação mental é capaz de desencadear uma mudança cognitiva que alivia a relação com sensações e pensamentos negativos. 

Especialista em mindfulness, que envolve técnicas voltadas para a percepção da realidade e foco no agora, Melisa recomenda a prática para todos os profissionais que lidam com pressão, prazos e metas. Quem quer aprender, pode começar em um consultório, em aulas específicas ou de ioga (que costuma envolver meditação) mesmo em casa, com o apoio de tutoriais e apps.

Fonte: Forbes – Maria Laura Saraiva.

Veja Também

O Fisco usa a tecnologia que nos ajuda para nos es... Esta trajetória já havia se iniciado com as pessoas jurídicas. O número de declarações que devem ser preenchidas pelas empresas no Brasil assumiu um p...
Requisitos e Impedimentos à opção ao regime do SIM... As Empresas que desejarem e puderem optar pela tributação com base no Simples Nacional, a partir do ano-calendário de 2015, devem estar atentas para o...
Não se engane, o e-Social já começou Oficialmente e-Social só deve entrar em vigor no segundo semestre de 2015 Oficialmente e-Social só deve entrar em vigor no segundo semestre de 2015. ...
Dívida tributária de até R$ 50 mil pode ser protes... A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) editou a Portaria 429 para regulamentar o protesto em cartório de dívidas tributárias e do FGTS. Segun...
Priorizar tarefas e dividir semana em blocos econo... Para produzir mais e gastar menos tempo no trabalho, a receita é simples: planejar o dia, priorizar tarefas e manter a agenda atualizada. Mas, se f...
A cobrança do ISS sobre a locação de bens imóveis... Muito se tem discutido a respeito da incidência do Imposto sobre Serviços (ISSQN) sobre receitas provenientes da locação de bens imóveis, cobrança que...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta