Férias é o período de descanso anual que deve ser concedido ao empregado após o exercício de atividades por um ano, ou seja, por um período de trabalho de 12 meses o qual é denominado “período aquisitivo”.

As férias devem ser concedidas no prazo de 12 meses subsequentes à aquisição do direito, prazo este chamado de “período concessivo”.

A lei não permite a conversão “vender as férias” de todo o período em pecúnia, mas autoriza que apenas 1/3 do direito a que o empregado fizer jus seja convertido em dinheiro.

Há algumas situações previstas legalmente que geram a perda do direito a férias por parte do empregado no curso do período aquisitivo, tais como:

  • Deixar o emprego e não for readmitido dentro de 60 (sessenta) dias subsequentes à sua saída;
  • Permanecer em gozo de licença, com percepção de salários, por mais de 30 (trinta) dias;
  • Deixar de trabalhar, com percepção do salário por mais de 30 (trinta) dias em virtude de paralisação parcial ou total dos serviços da empresa. Neste caso a empresa comunicará ao órgão local do Ministério do Trabalho, com antecedência mínima de 15 dias, as datas de início e fim da paralisação total ou parcial dos serviços da empresa, e, em igual prazo, comunicará, nos mesmos termos, ao sindicato representativo da categoria profissional, bem como afixará aviso nos respectivos locais de trabalho; e
  • Tiver percebido da Previdência Social prestações de acidente do trabalho ou de auxílio-doença por mais de 6 (seis) meses, embora descontínuos, dentro de um mesmo período.
    A interrupção da prestação de serviços deverá ser anotada na CTPS.

Novo período aquisitivo iniciará quando o empregado, após o implemento de quaisquer das condições previstas anteriormente, retornar ao serviço.

Portanto, se o empregado ficar afastado por auxílio-doença por 8 meses consecutivos ou não, no mesmo período aquisitivo, assim que retornar ao trabalho terá início um novo período. Neste caso, o novo período pode não mais coincidir com a data de admissão do empregado, o que se pode concluir que nem sempre o início do período aquisitivo equivale à sua data de admissão.

http://www.guiatrabalhista.com.br/tematicas/ferias_perdedireito.htm

Veja Também

Empresas estimulam hábitos saudáveis de seus execu... No combate ao sedentarismo, empresas estimulam a prática de atividade física no alto escalão, inclusive com remuneração variável As grandes companh...
Lei do Super Simples vai passar por alterações JC Contabilidade - O que muda efetivamente para as micro e pequenas empresas com o projeto de lei complementar 591/10? Alessandro Machado - A Lei G...
Governo de São Paulo regulamenta isenção de IPVA p... Para garantir o direito a quem realmente precisa e combater fraudes, o Governo do Estado de São Paulo fará mudanças no sistema que garante às pessoas...
O que a Receita ensina às empresas Em outras palavras, poucos gestores parecem ter percebido que o nosso país é protagonista do maior B2G (business-to-government) do planeta, representa...
Cinco mil negócios por dia saem da informalidade n... Brasil chega a marca de 4 milhões de MEI. Só neste ano, serão aproximadamente 1 milhão O cenário de estabilidade monetária, de distribuição de rend...
Qualidade de vida no trabalho Qualidade de vida no ambiente de trabalho é um conceito em pauta desde os anos 70/80. Mas só muito recentemente é que se chegou a uma conclusão com a ...

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta